Após protestos, Evo Morales suspende o novo código penal

Presidente da Bolívia deve elaborar outro documento para ganhar o apoio dos movimentos sociais

Pleno.News - 21/01/2018 16h11

Evo Morales pretende elaborar outro documento Foto: Divulgação

O presidente da Bolívia, Evo Morales, decidiu suspender a implantação do novo código penal. Alvo de diversos protestos, o código criminalizava a evangelização. O anúncio foi feito neste domingo (21).

As lideranças cristãs fizeram pressão para que as leis não entrassem em vigor. Outros grupos, como os jornalistas, também se manifestaram contra já que o código feria a liberdade de expressão.

Apesar da medida, Morales deve elaborar outro documento para tentar ganhar o apoio dos movimentos sociais.

LEIA TAMBÉM
+ Atentado terrorista deixa mortos no Afeganistão
+ Papa celebra missa para cerca de 200 mil pessoas no Peru