Leia também:
X Vídeo: Joe Biden cai de bicicleta após passeio em Delaware

Após pisotear idosa em funeral, elefante chamou manada para destruir vila da mulher

Detalhes do caso relatado pela imprensa indiana surpreendem

Thamirys Andrade - 18/06/2022 18h39 | atualizado em 20/06/2022 09h18

Caso teria ocorrido no leste da Índia Foto: Reprodução de vídeo / Twitter / Kanak News

Pessoas em todo o mundo se chocaram com a notícia de um elefante que matou uma idosa na Índia e retornou para pisotear o corpo dela durante o funeral. A imprensa indiana, contudo, revelou ainda mais detalhes surpreendentes sobre o ocorrido. De acordo com os jornais OpIndia e Kanak News, o animal selvagem esperou ao lado do corpo da vítima por cerca de uma hora, depois de atacá-la brutalmente na cerimônia fúnebre. Em seguida, ele teria emitido um som convocando sua manada a destruir o vilarejo da vítima.

A sequência de tragédias teve início no dia 10 de junho quando, uma idosa chamada Maya Murmu foi atacada pelo elefante em questão em uma floresta no vilarejo de Raipal. Ela foi levada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Durante a cerimônia de despedida à idosa, o elefante foi até o local e atacou o corpo sobre a pira funerária. As pessoas presentes precisaram correr para se salvar.

Testemunhas relatam que o animal atirou o corpo da senhora ao chão e destruiu o cadáver, fazendo com que os intestinos saltassem para fora do corpo.

Posteriormente, o elefante teria ficado uma hora ao lado do corpo, antes de chamar outros membros da manada e atacado o vilarejo da idosa.

A casa da mulher ficou destruída e até suas cabras foram dizimadas. Outras residências da vila também foram atacadas, e o alimento do vilarejo foi comido pelos animais selvagens. Uma testemunha diz ter passado toda a noite no topo de uma árvore para se salvar dos elefantes.

Casos de conflito entre animais da espécie e humanos têm se tornado mais recorrentes no local desde o avanço da indústria na região. No ano passado, 42 elefantes morreram por causas não naturais na área, conforme o jornal Independent. O governo indiano aponta que 100 pessoas são mortas por elefantes no país a cada ano.

Leia também1 Elefante mata idosa, aparece no funeral e a pisoteia novamente
2 Vídeo: Joe Biden cai de bicicleta após passeio em Delaware
3 Putin sobre armas nucleares: "Usaremos, se necessário"
4 Presidente de Portugal virá ao Brasil em julho
5 Banco aponta que EUA têm 40% de chance de recessão em 2023

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.