Leia também:
X Sangue, urina e fezes ajudarão a localizar autores de vandalismo

Após atos no DF, papa fala em enfraquecimento da democracia

Pontífice deu declarações nesta segunda-feira

Pleno.News - 09/01/2023 17h48 | atualizado em 09/01/2023 18h44

Papa Francisco Foto: EFE/EPA/Vatican Media

Nesta segunda-feira (9), o papa Francisco disse que “sempre é preciso superar as lógicas parciais” que enfraquecem a democracia no mundo e, em particular, “no continente americano”. As declarações do pontífice foram em função dos protestos registrados, no domingo (8), em Brasília (DF).

Diante do corpo diplomático credenciado junto à Santa Sé, o papa falou em “enfraquecimento da democracia em muitas partes do mundo (…) pela crescente polarização política e social”. Segundo Francisco, “muitas vezes às custas das mulheres ou das minorias étnicas, bem como do equilíbrio de sociedades inteiras, onde a agitação leva a tensões sociais e até mesmo a confrontos armados”.

O papa mencionou, em particular, “as diversas crises políticas em vários países do continente americano, com seu peso de tensões e formas de violência que exacerbam os conflitos sociais”.

– Estou pensando especialmente no que aconteceu recentemente no Peru e nas últimas horas no Brasil, e na preocupante situação no Haiti (…). Sempre é preciso superar as lógicas parciais e trabalhar pela construção do bem comum – enfatizou.

No tradicional discurso de início do ano, que se tornou “uma invocação à paz em um mundo que vê crescer divisões e guerras”, o papa também fez uma extensa revisão da situação internacional e citou as crises em Síria, Israel e Palestina, República Democrática do Congo, sul do Cáucaso, Iêmen, Etiópia, África ocidental, Mianmar e na península coreana.

*EFE

Leia também1 Jair Bolsonaro sente dores e é internado em hospital nos EUA
2 Aliança Evangélica emite nota de repúdio aos ataques no DF
3 Empresa dona do Facebook vai bloquear posts pró-invasão
4 CBF defende uso de camisa "para unir, e não para separar"
5 Ministra repassou R$ 364 mil a ex-beneficiária de Auxílio

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Canal
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.