Leia também:
X Agência da UE aprova larvas de farinha como alimento humano

Análise revela desgaste em pá de motor do Boeing 777 que falhou

Peça passará por novos exames

Pleno.News - 23/02/2021 11h59 | atualizado em 23/02/2021 12h47

Análise revela desgaste em pá de motor do Boeing 777 que falhou
Avião se dirigia ao Havaí quando falhou e soltou destroços sobre a capital do Colorado Foto: EFE/EPA/NTSB

Uma das pás do motor do avião da Boeing que quebrou logo após decolar do aeroporto de Denver, nos Estados Unidos, mostrou sinais de fadiga no metal com que é feito, dizem pesquisadores do Conselho Nacional de Segurança nos Transportes dos EUA (NTSB).

O órgão supervisor de segurança aérea dos EUA explicou na noite desta segunda-feira (22), por meio das redes sociais, que essa peça passará por novos exames.

A Boeing recomendou a suspensão das operações dos 69 aviões do modelo 777 que estavam em serviço e dos 59 em armazém, todos com motores do tipo Pratt & Whitney, após o incidente do último sábado (20) com um deles em voo.

A decisão veio após o incidente registrado por uma dessas aeronaves, o voo 328 da United Airlines, que decolou da cidade americana de Denver, no Colorado, com destino a Honolulu, no Havaí.

A aeronave teve que retornar com emergência após sofrer problemas com um motor, cujas peças caíram em um subúrbio da capital do estado do Colorado, informaram as autoridades.

O NTSB confirmou que duas pás do ventilador do motor Pratt & Whitney do voo 328 haviam quebrado. Uma delas mostrou sinais de fadiga do metal e os investigadores acreditam que a segunda pá partiu e estilhaçou.

O presidente do NTSB, Robert Sumwalt, explicou que as lâminas seriam enviadas a um laboratório da Pratt & Whitney para exames adicionais por inspetores de segurança.

– Nosso objetivo é entender o que aconteceu e por que aconteceu para que possamos evitar que isso volte a acontecer – frisou.

VOO
O voo 328 da United transportava 231 passageiros com destino a Honolulu quando sofreu uma falha no motor direito. Os passageiros a bordo do voo de Denver descreveram uma “grande explosão” logo após a decolagem e o avião começou a tremer violentamente e perder altitude.

As autoridades holandesas investigam desde ontem outro incidente envolvendo um avião cargueiro Boeing 747-400 que perdeu vários pedaços das pás da turbina após sofrer um incêndio, aparentemente em um motor. Ele decolou do aeroporto de Maastricht com destino a Nova York, e precisou aterrissar na Bélgica.

Duas pessoas ficaram levemente feridas em Meerssen quando partes do avião caíram, o que também causou danos a várias casas e carros na cidade.

*EFE

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.