Leia também:
X Mãe de 10 crianças anuncia nova gravidez: “Muito feliz”

Personal destaca importância de atividades físicas na gestação

Segundo Cássio Fidlay, "gravidez e musculação são aliados fortes na saúde gestacional"

Pleno.News - 26/04/2023 12h00 | atualizado em 26/04/2023 15h03

Personal destaca a importância das atividades físicas na gestação Foto: Pexels

Segundo especialistas, as atividades físicas de forma geral podem trazer inúmeros benefícios para a gestação. No entanto, é necessário ter um acompanhamento profissional para não pôr em risco a vida da mãe do bebê. Por isso, o personal trainer Cássio Fidlay apresenta dicas para futuras mamães que pensam em se exercitar.

Por meio do estúdio First Move, em São Paulo, Cássio faz o acompanhamento físico de oito gestantes, juntamente à sua equipe. De acordo com o profissional, é comprovado que a musculação é uma das modalidades mais recomendadas pelos médicos, principalmente, na gravidez.

Cassio Fidlay Foto: Divulgação

No entanto, o especialista traz algumas advertências.

– Se você é uma mulher ativa e que já está em uma rotina de musculação, não há necessidade de parar, muito pelo contrário, a continuidade da prática facilita a saúde gestacional na hora do parto; principalmente, no parto normal. Agora, caso nunca tenha treinado, ou não está treinando, não é o momento de iniciar a prática, pois o seu corpo passará por processos que na gestação não é recomendado, pois o seu corpo está desacostumado – disse.

O personal também falou sobre a famosa frase “gravidez, não é doença”. Segundo Fidlay, não é necessário interromper os treinos, contanto que não seja uma gravidez de risco e que sejam tomados os devidos cuidados. Dentre as orientações ele destaca:

• Não fazer abdominal, pois pressiona o útero.

• Não elevar a frequência acima de 140-145bpm. Na gravidez a pressão sanguínea aumenta, e quando fazemos exercícios acima da intensidade adequada, podemos gerar alguns sangramentos nasais e dores de cabeça. Caso aconteça, basta esperar baixar a frequência e fazer exercícios mais moderados.

• Após o sétimo mês, evitar fazer exercícios em decúbito dorsal (barriga para cima), pois a pressão do útero em cima da veia cava (veia importante para a circulação sanguínea) pode prejudicar a circulação sanguínea. Nada muito grave, sendo melhor evitar.

Segundo o personal, “gravidez e musculação são aliados fortes na saúde gestacional”.

Leia também1 Famílias gastam mais da metade da renda com alimentação
2 Aprovada liberação de recursos para novo piso da enfermagem
3 Brasil perde negócio de mais de R$ 250 bilhões após fala de Lula
4 Etanol fica mais caro no Brasil, aponta pesquisa da ANP
5 SC: Jovem morre atropelado por trator após sofrer mal súbito

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Canal
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.