Leia também:
X Alanis Morissette revela ter sido vítima de estupro coletivo

Vídeo mostra cantora louvando enquanto aguarda transplante

Caso aconteceu nos Estados Unidos

Pleno.News - 13/09/2021 19h04 | atualizado em 13/09/2021 19h59

Cantora louva enquanto aguarda transplante Foto: Reprodução/Facebook/ Caring Hands Sarcoidosis Foundation

A cantora gospel Kuipiio Livingston, de 45 anos, foi filmada ao liderar um momento de louvor no Hospital Henry Ford, em Detroit, nos Estados Unidos. O vídeo foi compartilhado, no último dia 8, no perfil da Caring Hands Sarcoidosis Foundation, no Facebook.

Kuipiio tem uma doença rara nos pulmões e aguarda um transplante duplo de pulmão. Apesar de estar com tubos de respiração e ligada a aparelhos de suporte à vida, a cantora passou 45 minutos adorando a Deus.

Em 1999, ela foi diagnosticada com sarcoidose. A doença rara, de causa desconhecida, é caracterizada pela inflamação do pulmão, chegando a comprometê-lo em 90%.

Ao ClickOnDetroit, Kuipiio disse que os médicos acreditavam que ela só teria de seis a 10 anos de vida.

– Foi devastador, mas Deus me manteve – afirmou.

Em julho de 2021, a cantora teve que ficar em uma UTI, visto que sua saúde piorou. A respeito do momento de adoração, ela disse que teve sua “experiência musical mais maravilhosa”.

– Essa poderia ser a última vez. Foi a experiência musical mais maravilhosa que eu já tive. Já estive no palco com grandes nomes da música gospel, mas aquele momento significou muito para mim.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Pleno.News (@plenonews)

Leia também1 Alanis Morissette revela ter sido vítima de estupro coletivo
2 Mulher de Caetano é chamada para planejar o fim da CPI
3 Grave acidente de ônibus mata vocalista de banda em SC
4 Anitta encontra polêmico rapper do tênis 'satânico' com sangue
5 Chico Buarque processa Eduardo Leite e pede R$ 44 mil

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.