Leia também:
X Cindy Jacobs encoraja as mulheres em novo ebook

Sarah Farias: “A única coisa que eu poderia fazer era adorar a Ele”

Em entrevista exclusiva ao Pleno.News, cantora falou sobre a perda da filha Aurora

Camille Dornelles - 05/06/2020 14h54 | atualizado em 05/06/2020 17h22

A cantora Sarah Farias é uma fonte de inspiração para muitas pessoas, seja por suas pregações sobre fé, pelas letras tocantes de suas músicas e também pela sua própria história de vida. Agora, a artista enfrenta um dos momentos mais difíceis da vida de sua família: a perda da filha Aurora, de apenas 16 dias de vida.

Em entrevista exclusiva ao Pleno.News, Sarah abriu o coração sobre este momento, mas também falou da importância do apoio mútuo dentro de casa, de amigos e da sua fé sempre firme em Deus.

Pleno.News Entrevista
Sarah Farias
por Pleno.News - 05/06/2020

A artista também conversou sobre sua carreira, trabalho com os jovens na igreja como encara a pandemia do novo coronavírus. Confira um trecho da entrevista abaixo.

Sarah, muito bom poder falar com você e te encontrar neste momento tão difícil que a gente está vivendo. Como você percebe essa pandemia?
Eu acredito que todos nós brasileiros nos achávamos muito privilegiados no sentido das tragédias. Aqui não tem terremoto, tsunami, tudo acontece no mundo, mas aqui não. E eu acredito que a maioria não achava que a pandemia iria chegar aqui. Nós subestimamos, de certa forma, e é realmente um momento delicado. Demorou para cair a nossa ficha e muitos lugares, inclusive, do Nordeste, estão entendendo agora.

Sarah, sobre suas músicas. As músicas que a gente vê que ganham o coração das pessoas através da sua voz falam muito sobre ter esperança em Deus, em superar as dificuldades… É assim com a Coisas Maiores, Sobrevivi, Só Quem Tem Raiz. Eu queria saber como é o seu processo de composição e acolhimento dessas músicas?
Não é um processo confortável (risos). É muito doloroso. Eu já tentei fazer músicas normais, sem estar sofrendo, e eu não consigo. Quando as pessoas descobriram que eu sou compositora, muitos colegas começaram a me pedir para escrever e eu não consigo. Eu começo e não termino, eu acho que não tem sentido, mas pode até ser que um dia eu consiga. No entanto, até agora só consigo fazer música passando pela dor. E não é um processo muito bom. E quando eu descobri as doenças que a minha filha Aurora tinha, comprometimentos em órgãos importantes, eu falei para Deus assim: “se isso for para escrever música, eu não quero mais fazer música”. E exatamente isso eu falei para a minha assessora num dia dentro do carro indo para uma apresentação. Naquele momento o pregador que falava na rádio do carro disse assim: “não deixe o diabo roubar a sua música”. Ficou aquele silêncio no carro. Todas as músicas têm uma carga emocional muito grande, mas depois que passa eu me sinto feliz porque as músicas atingem muitas pessoas.

Você falou sobre a Aurora, e queria que você se sinta livre para falar sobre o assunto, mas você comentou comigo que viu milagres acontecendo pela sua filha Ana Vitória. Então queria saber o que você viu neste momento tão difícil como o agir de Deus.
Meu luto começou quando eu descobri o que ela tinha, porque ela tinha alterações importantes em órgãos nobres, como cerebelo, rim e coração. O sofrimento meu e do meu marido começou ali, foi uma queda. E ainda não sei mesmo o que falar, não entendo o propósito de tudo isso, mas sei que Deus sabe o que faz. Eu estou agora naquela fase de buscar o aperfeiçoamento, perguntando o que Deus quer de mim. E ainda não chegou a resposta. Pela primeira vez na minha vida eu não estou escondida no sofrimento. Quando eu estou sofrendo eu me isolo até chegar naquela fase de iluminação, de saber o que aconteceu e ter uma resposta. Dessa vez eu fiz diferente. Quando o pessoal da rádio 93 FM me chamou para fazer uma live do Acústico, eu decidi ir.

E como está sua família?
Meu marido e eu ficamos mais unidos, eu vi mais virtudes ainda no homem com quem eu casei. Porque você sabe que, durante o namoro, a gente não vê nenhum defeito, mas quando casa os defeitos vão aparecendo. Mas nesse momento Deus me mostrou as virtudes do meu esposo. Ele foi o tempo todo muito forte. E Deus também mostrou o que nós temos construído na nossa filha de 5 anos, Ana. Muitas vezes ela me via ajoelhada chorando muito e me trazia um copo de água. Eu me emociono (choro). Os dois me viram como nunca tinham me visto, muito mais frágil. Teve um dia em que ela colocou a mão na minha cabeça. Em outro ela pegou meu celular enquanto eu estava sentada chorando e colocou uma música chamada Tabernáculo que eu usava muito para orar enquanto a Aurora estava lutando. Ela colocou a música e saiu, depois voltou com um bebê dela de brinquedo e colocou do meu lado. Só em momentos difíceis que a gente descobre como nós somos curados através do outro. Por enquanto eu posso dizer sobre essas experiências que estão acontecendo na minha casa. Com o passar do tempo talvez eu tenha mais coisas a falar da parte de Deus.

Mas a gente percebe que você mantém a fé em Deus mesmo não entendendo porque as coisas acontecem como acontecem. E acho que esta já é uma mensagem extremamente forte para as pessoas que estão sofrendo, principalmente neste momento que vivemos que tem muita incerteza e dificuldades.
É bom a gente lembrar que Deus não criou um mundo com doença. Adão e Eva tinham a saúde plena e criados para serem eternos. Por isso nós não aceitamos a morte. Junto com a queda do homem veio a morte e as doenças. Deus entregou o governo da Terra ao homem e foi o homem quem decidiu que não iria seguir o plano à risca. E até hoje nós colhemos frutos disso. Quando eu olho para tudo o que Deus fez na minha vida, a única coisa que eu poderia fazer era adorar a Ele.

A íntegra da entrevista pode ser conferida no vídeo e podcast acima.

Leia também1 Sarah Farias faz show live e emociona ao falar da família
2 Hellen Miranda e Sarah Farias lançam single e clipe juntas
3 Rafa Kalimann, do BBB, canta Sobrevivi de Sarah Farias
4 Famosos lamentam a morte da cantora Fabiana Anastácio
5 Após morte de Aurora, amigos consolam Sarah Farias

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.