Leia também:
X Acertemos mais

Rose Miriam diz que filhas vão frequentar igreja evangélica

Gêmeas Liberato participaram de reunião de oração com pastor Lécio Dornas ao lado da mãe e dos namorados

Thamirys Andrade - 30/11/2020 17h07 | atualizado em 30/11/2020 17h16

filhas-de-gugu-e-seus-namorados-,-rose-miriam-e-pastor-lécio-dornas
Rose faz parte da Igreja da Família de Orlando (EUA) Foto: Reprodução

Rose Miriam celebrou com os seguidores do Instagram ao anunciar que suas filhas, Marina e Sofia Liberato, vão passar a frequentar os cultos dos jovens da Igreja da Família de Orlando, no estado da Flórida (EUA). A fala foi acompanhada de uma foto com o pastor Lécio Dornas, registrada após um momento de oração que reuniu Rose, as gêmeas de 16 anos, seus namorados e a filha do religioso neste sábado (28).

– Recebemos hoje em casa o nosso querido pastor Lécio Dornas. Jantamos, conversamos muito e depois fizemos uma linda e abençoada oração! Minhas filhas e também Felipe e Gabriel vão iniciar nos cultos dos jovens na nossa Igreja da Família. Esteve conosco também Sarah que é a filha do pastor que lidera o grupo dos jovens. Estou em oração permanente para que meus filhos venham a fazer parte do corpo de Cristo. Sei que Deus está preparando – escreveu ela.

A igreja da qual Rose Miriam faz parte oferece cultos em inglês, espanhol e português. A congregação abraça o conceito de família como algo que transcende os laços de sangue e incentiva o “sentimento de pertencer a uma comunidade de pessoas que te amam, te aceitam, te discipulam e aprendem com você”.

Leia também1 Andressa Urach pede indicação de igrejas: "Preciso de Deus"
2 EUA: Cristãos planejam marcha contra os ‘muros da corrupção’
3 "Verdadeiro cristão não vota em Manuela D’Ávila nem em Boulos"
4 "Não parecia realidade", lembra filho sobre morte de Gugu
5 "Não quero tirar nada que é dos meus filhos", diz Rose Miriam

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.