Leia também:
X Repórter da Globo é flagrado agredindo idoso em elevador

Ronaldo Ésper diz que era gay por causa de maldição de tia

Estilista e apresentador de TV frequenta a Igreja Universal do Reino de Deus há cinco anos

Pleno.News - 21/12/2018 12h55 | atualizado em 21/12/2018 15h33

Ronaldo Ésper afirma que era gay porque foi amaldiçoado por uma tia Foto: Reprodução/Twitter

Considerado um dos grandes nomes da moda no Brasil, o estilista e apresentador Ronaldo Ésper participou do programa Pânico, na Rádio Jovem Pan, nesta quarta-feira (19). Frequentador da Igreja Universal do Reino de Deus há cinco anos, Ésper declarou não ser mais gay. O apresentador de TV atrelou sua homossexualidade a uma maldição por parte de uma tia.

– Eu passei a vida inteira homossexual por causa dessa maldição. Eu não gostava disso, gostava da farra. Não tinha droga, não tinha nada. Isso é uma coisa que todas as religiões mais sérias condenam. Está escrito na Bíblia – falou Ésper, que conheceu a igreja por intermédio da mãe católica, de 91 anos.

O estilista frisou que não tem uma religião, mas uma fé baseada na Bíblia. Ele explicou que ninguém da igreja o mandou deixar de ser gay. A decisão partiu dele após interpretar o que lia nas Escrituras.

– Ou você segue o que está na Bíblia ou não está fazendo parte da fé. O termo ex-gay não é legal, mas existe gente que se sacrifica e chega até a casar com mulheres. Minha fé é essa! A religião católica passa muito por cima de tudo isso. Deus perdoa sempre, mas com a condição de que você não repita o seu erro. Tudo é permitido, mas nem tudo é lícito.

Leia também1 Bruna Marquezine faz culto para inaugurar casa nova
2 Jozyanne comemora 22 anos de casada com Pr. Odilton
3 No Twitter, Priscilla Alcantara dá conselho aos solteiros

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.