Leia também:
X Cantor João Gabriel participa de culto em igreja evangélica

Pra. Ezenete fala do trabalho à frente da Estância Paraíso

À frente do ministério da Igreja Batista da Lagoinha, ela já recebeu Eyshila, Wesley Safadão e Daniela Araújo

Natalia Lopes - 04/02/2019 10h28 | atualizado em 06/02/2019 13h30

Ezenete Rodrigues é a líder responsável pela Estância Paraíso Foto: Reprodução

A pastora Ezenete Rodrigues, ou Zê para os íntimos, tem dedicado anos a restaurar outras vidas. Ela lidera a Estância Paraíso, ministério da Igreja Batista da Lagoinha em Sabará, Minas Gerais. Lá, Zê cumpre o propósito de cuidar de pessoas que buscam o Senhor.

Ao longo de 12 anos, o local já recebeu muitos anônimos e famosos. Dentre os visitantes mais recentes estão Wesley Safadão, Daniela Araújo, Naldo, as irmãs Simone e Simaria e Tonzão. Em entrevista exclusiva ao Pleno.News, Ezenete conta mais detalhes do trabalho especial e abençoado que vem fazendo.

Quando e como começou a Estância Paraíso?
Começou aos meus 19 anos. Eu morava em São Paulo e levava as pessoas para a minha casa para serem transformadas e restauradas. Nessa caminhada eu conheci a Ana Paula Valadão. Ela estava em depressão profunda e a família ligou pedindo que eu a recebesse. Eu não conhecia a Lagoinha e ela foi levada por indicação de uma tia.

Ezenete Rodrigues e Ana Paula Valadão Foto: Reprodução

E como foi levar o projeto para Belo Horizonte?
Eu tive uma promessa do Senhor de que um dia ele ia me levar para outro estado. Para um monte onde a Noiva seria restaurada. Cheguei em BH e Deus me levou para esse lugar. Para chegar lá você sobe mil metros. É um lugar escondido, um manancial que tem curado muita gente.

Como é a programação?
Temos vários tipos de programação. Funcionamos toda semana e recebemos todo o tipo de pessoa, do Brasil e de fora. Pessoas com todos os tipos de problema. Há 12 anos que Deus tem feito maravilhas naquele lugar, lá tem remédio do Céu.

Quem já passou por lá?
Muitos têm passado por lá. Adoradores, cantores, crentes, desviados. Eyshila, Wesley Safadão, Daniela Araújo, Naldo, Simone, Simaria, Zé Henrique (dupla com Gabriel), Renata Banhara, Tonzão e muitos outros. Deus tem feito um movimento chamando de volta aqueles que são escolhidos do Senhor.

Daniela Araujo e a pastora Ezenete Rodrigues Foto: Reprodução

Muitas pessoas condenam cantores cristãos que cantam secular. Como você vê isso?
Eu acredito que os que são de Deus são de Deus. Se eles escolheram outro caminho, o momento do retorno vai chegar. O que eu questiono é o seguinte: “quem vai pregar e transformar vidas neste meio (secular)?”. O pastor vai lá? Não. O padre vai lá? Não. Eles vão.

Simone com a equipe da Estância Paraíso Foto: Reprodução

Então eles podem fazer a diferença?
O que precisa acontecer e eu tenho trabalhado naqueles que chegam até nós é que eles precisam entender que estão lá não para serem do mundo, mas para atraírem o mundo para Deus. Eu nunca digo que eles têm que sair, que precisam largar tudo. Digo que é preciso crescer na experiência com Deus para acontecer uma transição, uma transformação.

A luz pode se misturar com as trevas?
Não. Mas eu acredito que chegou um tempo de Deus transformar muitos para eles também transformarem. Eles têm um público que nós não alcançamos, mas eles podem alcançar e de uma forma sobrenatural. A transição é lenta, mas coração ninguém conhece. Tem muita gente que se diz crente, mas não tem vida no altar. Eu creio na mudança. Quem aponta o dedo são os religiosos.

Como foi a ida e o batismo do Wesley Safadão?
Ele não foi com a proposta de se batizar. Mas como ele estava afastado e lá teve uma experiência muito linda com Deus, teve o desejo muito forte de sair batizado. Então eu entendi que poderia fazer isso, mas não é a nossa proposta.

Wesley Safadão se batiza na Estância Paraíso Foto: Reprodução

E qual a proposta?
Todos têm um atendimento individual. Às vezes você vive muitos anos e tem coisas que não fala. Quando você chega lá e coloca isso diante de Deus, acontece uma cura, uma transformação.

Como é receber pessoas que muitas vezes estão no limite?
Alguns vão bem, mas a maioria vai muito mal. Aparentemente até estão bem, mas ali tudo se descortina, a máscara cai, acontecem milagres. É um lugar que Deus separou para cura na alma. É rever aquilo que você deixou para trás e o impede de ter uma vida abençoada.

Como os famosos chegam até você?
Quem já foi acaba indicando e alguém liga na Estância e faz a inscrição como qualquer pessoa. A Renata Banhara foi no ano passado indicada pela Simone. Ela passou por um grande milagre. Deitou, tomou muitos comprimidos, mas o plano de Deus não morre.

A modelo Renata Banhara passou por momentos difíceis Foto: Reprodução

Que tempo é esse que estamos vivendo?
É um tempo oportuno para nos tornarmos filhos de Deus. Reconhecermos o que Jesus fez na Cruz do Calvário. A gente acaba esquecendo e vivemos o caos. Mas Deus tem resposta e vida nova. Não é religião. Religião não leva ninguém para o Céu. O que vai me preparar para a vida eterna é a minha vida entregue a Deus.

E o mal do século, a ansiedade e a depressão?
O ser humano não está se amando. A depressão, o pânico e os transtornos estão tomando conta. Por que isso? É falta de paz, de alegria. “A alegria do Senhor é a minha força” (Neemias 8:10). Muitos têm tudo, conta bancária, viagens maravilhosas, tudo na mão, mas acabam se matando, dando um tiro contra si mesmo.

E o que falar dos pastores que estão se suicidando?
O que leva um pastor que prega a Palavra de Deus a tirar a sua própria vida? São feridas não curadas. Elas desenvolvem depressão no ser humano, a pessoa vai deprimindo cada vez mais até explodir. O pastor não tem ninguém para ouvi-lo e vai adoecendo até esse ponto.

É falta de Deus?
É falta da presença de Deus. A Bíblia diz: “Eu sou templo do Espírito Santo, onde Deus habita” (1 Coríntios 6:19). Não é que a pessoa não tem Deus, mas ela não tem a presença Dele. A doença da alma se torna tão maior que a pessoa não vê solução e acaba tirando a própria vida.

Leia também1 Simaria relembra período em retiro: "Encontro com Jesus"
2 Daniela Araújo faz curso de intercessão em BH
3 Wesley Safadão e sua esposa declaram fé e se batizam

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.