Leia também:
X “Não querem que você pregue contra o pecado”, diz advogado

Pesquisa: Culto em casa substitui igreja para maioria dos cristãos

O fechamento das igrejas durante a pandemia pode ter mudado a percepção dos cristãos

Leiliane Lopes - 22/09/2022 17h48

Cultos presenciais proibidos levaram os cristãos a adorarem em casa Foto: Pexels

Uma pesquisa realizada pela Lifeway Research mostra que para a maioria dos cristãos cultuar sozinho ou em família substitui os cultos nas igrejas.

O resultado apresenta uma visão cristã gerada, possivelmente, como efeito da pandemia quando os templos foram fechados obrigatoriamente, levando as igrejas a investirem em transmissão online.

Entre os entrevistados, 66% concordaram com a afirmação de que “adorar sozinho ou com a família é um substituto válido para frequentar regularmente a igreja”.

Em 2020, quando a mesma pergunta foi feita em outro estudo semelhante, cerca de 58% concordavam com a afirmação.

Divididos por segmentos, os evangélicos são os que menos concordam com a substituição. Ainda assim, são 54% dos que acreditam na validade da substituição. Em 2020, o número era de apenas 39%.

– Quando os comportamentos de atendimento presencial à igreja foram interrompidos e os hábitos foram quebrados, isso afetou as crenças de alguns americanos sobre a necessidade de se reunir com outros crentes para adorar – avalia o diretor executivo da Lifeway Research, Scott McConnell.

Leia também1 "Não querem que você pregue contra o pecado", diz advogado
2 Acidente mata mãe e filho que voltavam de culto no AM
3 Ator acredita ser reencarnação de Jesus e tem altar, diz revista
4 Culto de aniversário de Malafaia terá a presença de Bolsonaro
5 Bruna Marquezine revela motivo que a fez desistir da igreja

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.