Leia também:
X Soldados se batizam em piscina improvisada dentro de trator

Pastor é questionado sobre a cor de pele do filho e desabafa

Marcos Davis classificou comentários como "inadmissíveis, desrespeitosos, e desumanos"

Thamirys Andrade - 02/09/2021 13h00 | atualizado em 02/09/2021 14h01

Pastor desabafa após questionarem cor da pele de seu filho
Pequeno Noah Davis nasceu no último dia 19 de agosto Foto: Arquivo pessoal

O pastor evangélico Marcos Davis e sua esposa, a cantora Débora Davis, fizeram uma nota de repúdio após serem questionados sobre a cor da pele do seu bebê nas redes sociais.

Desde a publicação da foto do nascimento do pequeno Noah Davis, internautas colocaram em dúvida se o filho era deles, por possuir a pele mais clara. Em resposta, o casal classificou a situação como “inadmissível”.

– Não imaginávamos passar por isso, mas infelizmente estamos nos pronunciando com o coração partido para expor uma situação muito desagradável que está acontecendo conosco. […] Não queríamos nos expor e expor nosso filho dessa forma. Mas isso é inadmissível, é desrespeitoso, é desumano – escreveu o pastor Davis.

O pregador fez um apelo para que os internautas tenham “respeito pela vida e [pela] família dos outros”.

– Não use [as] suas mãos, os seus dedos e [a] sua boca para ferir, para atacar os outros através de comentários ridículos como esses. Se é branco, negro, pardo, se os olhos são azuis, verdes, castanhos claro ou escuro, não é problema seu. Não somos nós quem definimos isso – assinalou.

O pregador destacou que ele e sua esposa estão casados há sete anos e são fiéis um ao outro. Ele lembrou ainda que há casos de pais e mães negros que tiveram filhos brancos, além de situações em que a pele da criança escurece à medida que ela cresce.

– Um dos sinais de que isso pode acontecer é a cor dos testículos do bebê ser mais escura; é o caso do nosso filho – acrescentou.

Marcos explicou que não abriu processo contra os autores dos comentários, mas, se outras mensagens do tipo surgirem, ele promete “tomar as providências necessárias para que essas pessoas sejam achadas e recebam a punição cabível conforme as leis”.

– Que esse tipo de situação não aconteça com outras famílias! – finalizou.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Marcos Davis (@marcosdavisoficial)

Leia também1 Soldados se batizam em piscina improvisada dentro de trator
2 Igreja Batista Atitude promove conferência sobre mundo digital
3 "Incrível seguidora de Jesus", diz pastor após suicídio da esposa
4 Bíblia perdida há 79 anos é devolvida a sobrevivente do holocausto
5 Jogador do Flamengo dá testemunho na Igreja Atitude

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.