Pastor diz que não é pago para aconselhar jogador do Grêmio

Novo comportamento de Luan tem a ver com apoio prestado pelo Pr. Alexander Ribeiro

Pleno.News - 15/05/2019 21h38

Pastor Alexander com o jogador Luan e o cantor Joel Carlo Foto: Reprodução

Em entrevista a um programa da Rádio Gaúcha, nesta quarta-feira (15), o pastor Alexander Ribeiro comentou o apoio que tem dado ao jogador Luan, do time gaúcho Grêmio. Durante a conversa, o líder da Igreja Portas Abertas, em Belo Horizonte, Minas Gerais, revelou como conheceu o atleta.

– Eu conheci o Luan no ano de 2016 através de um amigo em comum. Depois, no final de 2018, ele me procurou me pedindo para aconselhá-lo e, pela bondade Deus, nos focamos em orar e tirar os maremotos da vida. Ele se focou, colocou o alicerce dele primeiramente em Deus e depois em sua carreira profissional – disse o religioso.

Conselhos e orações fazem parte da ajuda espiritual que o pastor concede a Luan. Ele deixou claro que nunca recebeu dinheiro pelo auxílio.

– O ganho que eu tenho pelo Luan é gratidão. Graças a Deus, não o ajudo, e nem pessoa alguma, em prol de bem financeiro. Até porque aquilo que é financeiro é perecível, passa. Você pode precisar do dinheiro, mas o dinheiro não pode ser seu dono. Não estou ganhando nada para ajudar o Luan. Outras pessoas, não só jogadores de futebol, precisam de ajuda. A gente não cuida do Luan jogador, mas do Luan pessoa – explicou.

Alexander comentou ainda os problemas enfrentados pelo jogador, que buscou apoio ao enfrentar dificuldades físicas, como uma fascite plantar, que o atrapalhava durante as partidas.

– Graças a Deus, ele nunca me transmitiu nada de errôneo. As lesões abalam qualquer ser humano. Ele tem o dom do futebol. Quando aconteceu sobre o pé dele, essa enfermidade, ele via o potencial de fazer, mas não tinha a qualificação de fazer. Ele não bebeu, não saiu. Pelo contrário, quando o conheci no final de 2018, o conheci com foco – falou.

Ribeiro se negou a condenar qualquer especulação sobre o período em que não conhecia o atleta. Além de Luan, outros nomes do futebol, como Nenê, do São Paulo, Romarinho, ex-Corinthians, Rever, do Atlético-MG, e Sassá, do Cruzeiro, e o lateral Bruno Cortez, do Grêmio, estão na lista de contatos do pastor.

A procura da imprensa por Alexander se deve a várias mudanças comportamentais de Luan. Recentemente, o jogador também excluiu sua conta nas redes sociais e tem procurado viver de forma mais tranquila após ficar na reserva da equipe comandada pelo técnico Renato Gaúcho.

– Nesse negócio de rede social e de Whatsapp, as pessoas esperam uma fraqueza sua para poder propagar. Infelizmente, para o ser humano, você tem prazo de validade. Você pode acertar cem vezes, mas se você errar uma, as pessoas não vão ver as cem vezes que você acertou. Hoje ele está focado, tem uma bondade nova. Então, nós temos que selecionar as palavras que nós falamos e qualificar as pessoas que nós andamos — defendeu.

LEIA TAMBÉM+ Lutador é multado por beijar repórter durante entrevista
+ Botafogo é criticado por faixa "Fogo Neles" em jogo com o Fla
+ Lewis Hamilton envia carro da F-1 para menino com câncer


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo