Leia também:
X Pr. Junior Trovão diz que prefere crer na profecia para o dia 30

Pastor da profecia do dia 30: ‘Ninguém é obrigado a acreditar’

Líder da Assembleia de Deus Belém do Pará na Penha esclareceu dúvidas a respeito de sua revelação

Ana Luiza Menezes - 29/03/2021 21h37 | atualizado em 29/03/2021 22h21

Pastor Ezequias Silva Foto: Reprodução

O pastor Ezequias Silva, da Igreja Assembleia de Deus Belém do Pará na Penha, em São Paulo, voltou a se pronunciar para rebater questionamentos que surgiram após sua profecia. Ele confirmou que teve uma revelação a respeito da madrugada do dia 30 de março e defendeu que é importante se prevenir.

– O diabo está fechando o cerco. Deus está colocando a Igreja para jejuar, para orar, e o povo está criticando. (…) Quemk já teve uma perda familiar sabe valorizar um recado de Deus. E é o que Deus está dizendo: “manda ungir”. Me encontra (sic) dentro da Bíblia que Deus condena uma unção – disse ele.

Na transmissão, o religioso também respondeu a perguntas e esclareceu que sua visão é sobre o período da madrugada.

– É de madrugada só. Pode ir trabalhar de manhã. (…) A gente está aqui para responder os irmãos. (…) Tenho família, tenho vida [e] um nome a zelar, e um ministério a cuidar.

Algumas pessoas questionaram a respeito do cavaleiro amarelo citado no livro de Apocalipse.

– Como vocês sabem se o primeiro selo já não chegou? A fome, essas doenças são o que? Isso é só o princípio. E eu não estou falando que cavaleiro amarelo já chegou não. Eu falei que via muita morte, fora do normal. (…) Já me massacraram antes de acontecer [a profecia], antes do dia 30. (…) A gente tem que entregar na mão de Deus. Eu tive a visão, eu vi o cavalo, mas em nenhum momento na revelação chegou o cavalo chegou e passou a espada e era o cavaleiro do apocalipse – esclareceu.

Antes de concluir, ele ressaltou que cada pessoa tem um modo de pensar e disse que ninguém é obrigado a acreditar em suas palavras.

– Cada um tem o seu pensamento. Temos que respeitar. As providências que eu vou tomar se chamam direito. Mas cada um tem seu jeito de alertar. (…) ninguém é obrigado a acreditar.

SOBRE A PROFECIA
Pastor Ezequias Silva causou movimentação nas redes sociais após dizer que teve uma revelação divina. Ele disse que viu o anjo da morte ceifando vidas que saírem de casa na madrugada do dia 30 de março.

O religioso recomendou que as pessoas evitem sair de casa durante a madrugada, unjam seus lares, e façam jejum nos dias 29 e 30 de março.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Ezequias Silva (@pr.ezequiassilva)

Leia também1 Pr. Junior Trovão diz que prefere crer na profecia para o dia 30
2 Pastor assusta com profecia que fala de morte no dia 30 de março
3 2022: Evangélicos rejeitam Lula e mantém apoio a Bolsonaro
4 Com Covid, Malafaia alfineta: "Recebi telefonemas da Globo"
5 Silas Malafaia e a esposa Elizete testam positivo para a Covid-19

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.