Leia também:
X Conselhos de Pai

Papa se diz “consternado” por tiroteio em Campinas

Pontífice enviou um telegrama ao administrador diocesano da cidade

Jade Nunes - 13/12/2018 07h27 | atualizado em 13/12/2018 10h07

O papa Francisco Foto: EFE/Angelo Carconi

O papa Francisco manifestou, nesta quarta-feira (12), uma “profunda consternação” pelo tiroteio ocorrido durante uma missa na catedral de Campinas, em São Paulo. Seis pessoas morreram, incluindo o atirador, que cometeu suicídio após ser baleado por policiais.

O pontífice lamentou o episódio por meio de um telegrama enviado ao administrador diocesano de Campinas, que foi assinado, como habitualmente, pelo secretário de Estado do Vaticano, Pietro Parolin.

– O papa confia à misericórdia de Deus as vítimas e assegura sua solidariedade e conforto espiritual às famílias que perderam seus entes queridos e a toda comunidade arquidiocesana, com votos de pronta recuperação dos feridos – diz o telegrama.

*Com informações da Agência EFE

Leia também1 Em Brasília, Bolsonaro vai a igreja e se reúne com pastores
2 Silas Malafaia se comove ao batizar a neta Maria Clara
3 EUA: Pessoas associam cada vez menos Natal a religião

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.