Leia também:
X Bruna Karla: Não abra mão de ser quem Deus te chamou pra ser

Papa Francisco nega rumores de renúncia e condena o aborto

Líder católico afirmou que nunca passou por sua cabeça deixar o cargo

Paulo Moura - 04/07/2022 09h21 | atualizado em 04/07/2022 11h59

Papa Francisco Foto: EFE/EPA/Alessandro Di Meo

O papa Francisco negou a possibilidade de que, em um futuro próximo, vá renunciar ao posto de líder máximo da Igreja Católica. A declaração foi feita em uma entrevista concedida por ele à agência Reuters no último sábado (2) e que foi divulgada nesta segunda-feira (4).

Os rumores começaram após uma série de eventos que o pontífice realizará no final de agosto, que inclui reuniões para discutir uma nova constituição do Vaticano, uma cerimônia para empossar novos cardeais e uma visita à cidade italiana de L’Aquila, ser entendido como um possível indício de renúncia. Francisco disse, no entanto, que a ideia nunca passou por sua cabeça.

– Todas essas coincidências fizeram alguns pensarem que a mesma “liturgia” aconteceria. Mas nunca passou pela minha cabeça. Por enquanto não, por enquanto não. Realmente! – afirmou.

O líder também negou rumores de que estaria com câncer, brincando que seus médicos “não disseram nada sobre isso”. O pontífice também falou sobre a condição de seu joelho, que o impediu de realizar alguns deveres. Francisco disse ter sofrido “uma pequena fratura” no joelho quando deu um passo em falso enquanto um ligamento estava inflamado, mas ressaltou que está bem.

– Estou bem, estou melhorando lentamente – afirmou, acrescentando que a fratura foi tratada com terapia a laser e magnética.

Durante a conversa, ao ser questionado sobre a decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos que anulou o precedente Roe vs. Wade, que estabelece o direito da mulher ao aborto, Francisco condenou a prática e fez uma analogia sobre “contratar um assassino”.

– A questão moral é se é certo tirar uma vida humana para resolver um problema. De fato, é certo contratar um assassino para resolver um problema? – completou.

Leia também1 Arthur Lira dá aval para unir duas PECs e acelerar tramitação
2 FAB intercepta avião de pequeno porte com 663 quilos de cocaína
3 Em áudio, brasileiro que morreu na Ucrânia revelou medo
4 Carla Diaz relembra diagnóstico de câncer de tireoide
5 Ronaldo Caiado lamenta morte do filho: "Que Deus o acolha"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.