Leia também:
X Ebook mostra a importância do cristão se envolver na política

Padre Reginaldo Manzotti critica católicos não praticantes

"Sinto que o números dos cristãos já diminuiu, dos católicos muito mais", disse o religioso

Ana Luiza Menezes - 25/09/2020 18h19 | atualizado em 25/09/2020 20h14

Padre Reginaldo Manzotti Foto: Reprodução Internet

Em uma entrevista com o colunista Léo Dias, do portal Metrópoles, o padre Reginaldo Manzotti criticou a postura de católicos não praticantes. O religioso também expressou preocupação no que diz respeito ao futuro do cristianismo.

– Pra mim ou é católico ou é um saco de batata. Não tem conversa. O cara é ou não é. É milho ou pipoca. Muitos falam da memória afetiva da família tradicional católica, mas não fez o encontro com Jesus Cristo – falou.

Manzotti afirmou ainda que o cristãos diminuiu. Segundo ele, há uma crise de fé.

Em suas declarações, o padre falou ainda sobre o crescimento do islamismo.

– Eu sinto que o números dos cristãos já diminuiu, dos católicos muito mais. Nós estamos numa crise de fé. O islamismo cresce assustadoramente, eu não estou fazendo uma crítica ao islamismo, apenas estou fazendo uma contestação, acredito com o Papa Bento XVI só vai restar um tipo de cristão: os apaixonados por Jesus. Nós estamos vivendo um martírio muito grande dos cristãos e as pessoas estão debandando, há um vandalismo crescente com as imagens, com as igrejas. Então a pessoa ou faz o encontro com a pessoa de Jesus Cristo de fato, ou ela não vai ser nada – avaliou.

Leia também1 Ebook mostra a importância do cristão se envolver na política
2 "Jesus é o dono da minha vida", diz ex-dançarina do Pânico na TV
3 Pastor lança devocional baseado no livro de Salmos para a família
4 Após investigação de desvio de doações, Afipe muda diretoria
5 Crentes oram em floresta para não serem perseguidos em Laos

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.