“Os cristãos fizeram do mundo um lugar melhor”, diz ator

John Rhys-Davies, de O Senhor dos Anéis, se declarou defensor do cristianismo

Rafael Ramos - 14/02/2020 11h32

John Rhys-Davies defendeu o cristianismo Foto: Reprodução

Cristão, o ator britânico John Rhys-Davies, de 75 anos e 1,85 m, que viveu o anão Gimli na trilogia O Senhor dos Anéis, testemunhou sobre sua fé em Cristo durante o 28º Movieguide Awards, considerado o Oscar do cinema cristão. John se declarou um defensor constante dos cristãos e do cristianismo.

– Parece que esquecemos que a civilização cristã fez do mundo um lugar melhor do que nunca. Todas as coisas que valorizamos, como o direito à liberdade de expressão e o direito da consciência individual, evoluíram na cristandade romana do primeiro e do segundo século, onde um cristão disse: “Eu tenho o direito de acreditar no que acredito e não o que o imperador me diz”. A partir disso, desenvolvemos toda uma ideia de democracia e de igualdade – afirmou ao The Christian Post.

O ator estará de volta ao mundo do entretenimento dando voz a um dos personagens principais da animação The Pilgrim’s Progress (sem título em português), que é uma adaptação do livro O Peregrino, escrito por John Bunyan. Ele também vai estrelar um documentário sobre São Patrício, considerado o padroeiro da Irlanda.

– Devemos ao cristianismo o maior débito de agradecimento que uma geração já pode ter e menosprezá-lo e descartá-lo como irrelevante são os detritos de mentes fechadas.

LEIA TAMBÉM+ Internautas se emocionam com foto de batismo de idoso
+ Milton Gonçalves respira com a ajuda de aparelhos após AVC
+ Ator é acusado de assediar repórter durante entrevista


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo