Leia também:
X Votos e cumprimentos

O legado de Martinho Lutero para os dias atuais

Entenda a importância da Reforma Protestante para a sociedade

Rafael Ramos - 31/10/2018 08h00 | atualizado em 31/10/2018 08h31

A atitude de Martinho Lutero repercute até hoje na sociedade atual Foto: Reprodução

A Reforma Protestante completa exatos 501 anos nesta quarta-feira (31) e é um dos movimentos responsáveis por grandes mudanças no curso da humanidade. As 95 teses pregadas por Martinho Lutero na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg, na Alemanha, ventilam até hoje em nossa era pós-moderna.

De acordo com o presbítero Cleison Brügger, da Assembleia de Deus em Doutor Augusto Vasconcelos, no Rio de Janeiro, foi diante de uma Europa do século 16, marcada por uma crise agrária intensa, canibalismo e peste negra, que o monge questionou os vários equívocos da Igreja Católica na época.

– Lutero teve aquilo que ele mesmo chama de “experiência da torre”. Enquanto estudava em seu quarto, ele foi confrontando com o que dizia Romanos 1:17 “O justo viverá pela fé”. Essas palavras de Paulo lhe foram como o portão do paraíso – falou Cleison ao Pleno.News.

A coragem de Lutero se expandiu rapidamente pela Europa e influenciou outros movimentos. Nomes como João Calvino e John Knox se tornaram figuras importantes na disseminação dessa nova visão que perdura até os nossos dias.

– Por causa da Reforma, a Bíblia Sagrada foi liberta das mãos exclusivas do clero, sendo legada ao povo em sua própria língua, uma vez que as Escrituras estavam encerradas ao latim. Com a Bíblia em mãos, o analfabetismo foi se extinguindo, fazendo com que a educação e a economia europeia prosperassem exponencialmente. Universidades como Oxford e Harvard são exemplos da herança deixada no quesito educacional.

Além do cenário religioso e socioeconômico, a Reforma Protestante também se reflete na área política.

– Talvez a maior herança que a Reforma Protestante tenha nos deixado seja a liberdade de expressão. A separação entre Igreja e Estado são as bases do laicismo, que é um dos pilares da democracia – finaliza.

Leia também1 Pioneiro, Chris Durán inova e lança igreja online
2 Pr. defende o evangelismo na prisão: 'O amor não é seletivo'
3 Conheça Katharina Von Bora, figura importante na Reforma

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.