Leia também:
X United pede que funcionários se vacinem ou serão demitidos

Muçulmano assume comando da liberdade religiosa dos EUA

Rashad Hussain foi nomeador por Joe Biden

Pierre Borges - 06/08/2021 15h48 | atualizado em 14/10/2021 15h36

Rashad Hussain
Rashad Hussain Foto: Reprodução/YouTube/Quint Hindi

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, nomeou o diplomata e ex-professor de Direito Rashad Hussain para o posto de embaixador-geral da liberdade religiosa, o mais alto da categoria no país.

Desde que o cargo foi criado pela Lei de Liberdade Religiosa Internacional, em 1998, Rashad é o primeiro muçulmano a ser nomeado e assumirá o lugar do ex-governador do kansas, Sam Brownback, que é católico.

O muçulmano já atuou no governo dos EUA como enviado especial do país para Cooperação Islâmica e para Comunicações Estratégicas do Contraterrorismo durante a gestão de Obama.

Biden também indicou Sharon Kleinbaum, uma rabina lésbica da Congregação Beit Simchat Torah, de Nova York, para integrar a comissão de liberdade religiosa.

Leia também1 'Todos haverão de respeitar o resultado das eleições de 2022'
2 'Parte do STF quer a volta da corrupção e da impunidade'
3 United pede que funcionários se vacinem ou serão demitidos
4 Bolsonaro faz forte discurso: 'Dou a vida pela liberdade de vocês'
5 Fux e Aras reafirmam empenho por diálogo entre o STF e a PGR

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.