Leia também:
X Sambista é atropelado e tem morte registrada por Covid-19

Morre missionária que levava ajuda a afetados pela Covid-19

Joyce Lin era piloto e transportava suprimentos para vila isolada

Camille Dornelles - 14/05/2020 16h32 | atualizado em 14/05/2020 16h39

Joyce Lin, piloto missionária que atuava no combate ao novo coronavírus Foto: Divulgação/MAF

Nesta terça-feira (12) faleceu a missionária Joyce Lin, piloto integrante da Mission Aviation Fellowship (MAF), afiliada da missão Asas de Socorro.

Ela estava trabalhando no auxílio a pessoas isoladas e transportava suprimentos necessários para o combate ao novo coronavírus em uma vila de Papua, na Indonésia.

Ela faleceu em uma queda de avião e uma equipe de resgate foi até o local do acidente, mas Lin já foi encontrada sem vida.

Lin tinha 40 anos e deixa pais e duas irmãs. Ela também trabalhava como instrutora de voo e se dedicou à causa missionária neste ano por causa da pandemia do novo coronavírus. Trabalhava arrecadando sabão para outros missionários e levando alimentos, testes rápidos e materiais de proteção para localidades de difícil acesso.

Joyce Lin, em missão na Indonésia com a líder presbiteriana Hennie Wattimena Foto: Reprodução

A líder presbiteriana Hennie Wattimena prestou uma homenagem à missionária, de quem era amiga.

– Seu santo desejo de servir a Deus em Papua foi glorioso. Seus pais estavam muito preocupados com sua escolha, mas eles a deixaram ir porque sabiam que Deus cuidaria dela. Nós estamos com o coração quebrado, mas sabemos que você está nas mãos Dele – escreveu em sua rede social.

David Holsten, CEO da MAF, lamentou a morte da missionária.

– Sentimos uma grande sensação de perda, mas ao mesmo tempo grande conforto, porque Joyce estava fazendo o que amava e era fiel ao chamado que Deus havia colocado em sua vida. Ela deu a vida servindo ao Senhor de uma maneira que estava impactando os outros – declarou ele, em comunicado de pesar.

O diretor de Parceria Ministerial da MAF, Dave Blomberg, também se manifestou e afirmou que “Joyce foi uma luz refletindo Jesus e que sua falta será para sempre sentida”.

– A MAF está desenvolvendo um tributo para Joyce e seu ministério no site oficial da missão – anunciou.

Leia também1 Portas Abertas ajuda cristãos perseguidos na pandemia
2 Mães se unem em oração pelos filhos umas das outras
3 Cristãos da Indonésia usam internet para propagar Jesus

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.