Leia também:
X Xô, passarinho

Missões! Jonathan e Rebeca Nemer voltam à Angola

Irmãos estiveram no país em fevereiro ao lado de Paulo César Baruk

Rafael Ramos - 04/11/2019 10h44 | atualizado em 04/11/2019 10h47

Os irmãos Jonathan e Rebeca Nemer retornaram à Aldeia Nissi, na Angola, nove meses após visitarem o local. Eles estiveram na região em fevereiro deste ano, juntamente com o cantor Paulo César Baruk, marido de Rebeca. Na época, Jonathan gravou o mini documentário Dias de Luta, Dias de Angola, que está disponível em seu canal no YouTube.

Os irmãos chegaram à aldeia no dia 1º de novembro acompanhados por 12 voluntárias do Projeto Bunekas, que confecciona bonecas de pano e vestidos para crianças. Além das bonecas, a equipe também realizou palestras e oficinas. Jonathan e Rebeca também levaram profissionais para oferecer treinamento para as cozinheiras da casa da Aldeia Nissi e uma oficina de costura. Uma equipe de saúde também viajou do Brasil para a Angola composta por três médicas, uma dentista, uma enfermeira e uma fisioterapeuta.

https://www.instagram.com/p/B4VUZPbltBj/

Quem assistiu ao documentário, conheceu a história de Anastácia, uma mulher que teve sua casa destruída pela chuva há um ano e improvisou um lar com algumas chapas para morar com mais 14 pessoas. Pois Nemer aproveitou a viagem para entregar a casa da angolana e registrou esse momento, que em breve estará no canal Desconfinados.

– Só aumenta o desejo de fazer algo mais, dar um pouco de dignidade aos nossos irmãos. Que possamos ser menos egoístas e pedir sabedoria a Deus pra administrar melhor os recursos que Ele tem nos dado – disse o humorista.

Leia também1 Ataque contra Igreja Universal mata adolescente africano
2 É fake! Gugu desmente boatos de que morreu de infarto
3 Walter Mercado, astrólogo do bordão "ligue já", morre aos 87

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.