Leia também:
X Barroso “desaprova” ação das Forças Armadas perante o TSE

Michelle Bolsonaro: “Planalto já foi consagrado a demônios”

Primeira-dama e o presidente participaram de culto evangélico em Belo Horizonte

Monique Mello - 07/08/2022 13h32 | atualizado em 08/08/2022 12h20

Michelle falou durante culto na Igreja da Lagoinha, em Belo Horizonte Foto: Reprodução/Igreja Batista da Lagoinha

A primeira-dama Michelle Bolsonaro afirmou que o Planalto já foi “consagrado a demônios”. Fervorosa, a esposa do presidente Jair Bolsonaro (PL) disse não se importar com críticas em relação a sua fé.

– Podem me chamar de louca, podem me chamar de fanática, eu vou continuar louvando nosso Deus, vou continuar orando – disse durante um culto na Igreja Batista da Lagoinha, em Belo Horizonte, neste domingo (7).

– Por muitos anos, por muito tempo, aquele lugar foi um lugar consagrado a demônios. Cozinha consagrada a demônios, Planalto consagrado a demônios e hoje consagrado ao Senhor Jesus. Ali, eu sempre falo e falo para ele [Bolsonaro], quando eu entro na sala dele e olho para ele: essa cadeira é do presidente maior, é do rei que governa essa nação – prosseguiu, ao lado de Bolsonaro.

O pastor André Valadão havia chamado o presidente e a primeira-dama ao altar sob os gritos de “mito”, por parte dos fiéis.

– O Senhor tem protegido o Brasil, levantado um exército no Brasil, porque é tempo de guerra. Sem constrangimento nenhum, é uma guerra além de política, é uma guerra espiritual onde o bem vai vencer – afirmou o pastor.

– Cremos que nossos filhos não serão iludidos ou enganados com ideologias satânicas. Estamos em uma nação cristã e a partir da palavra de Deus ela deve ser governada – acrescentou.

Em sua oportunidade de fala, Bolsonaro disse que cumpria uma missão dada por Deus.

– Estou muito feliz de estar aqui. A missão que ocupo é missão de Deus, até pelas circunstâncias. Mesmo durante a pandemia, estive no meio do povo, que disse: “Não desista, Deus te abençoe e estamos orando por você”. Sabemos o que está em jogo para o país e não precisamos errar para saber o que é bom e o que não é – afirmou o presidente.

*Com informações da AE

Leia também1 Michelle Bolsonaro conduz vigília com evangélicos no Palácio do Planalto
2 Com apoio de Michelle, Damares Alves será candidata ao Senado
3 Bolsonaro cresce quase 20 pontos entre os evangélicos
4 Menos rico? Lula declara bens ao TSE em valor inferior ao de 2018
5 Bolsonaro participa de primeira reunião no Metaverso

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.