Leia também:
X Michelle Bolsonaro faz oração durante Marcha para Jesus no RJ

Michelle Bolsonaro: “As portas do inferno não prevalecerão”

Ao lado do presidente Jair Bolsonaro, primeira-dama discursou durante Marcha para Jesus

Gabriel Mansur - 13/08/2022 18h05 | atualizado em 15/08/2022 12h21

Michelle Bolsonaro Foto: Pleno.News

A primeira-dama Michelle Bolsonaro fez um breve discurso, neste sábado (13), durante a Marcha para Jesus, no Rio de Janeiro. Sem citar nomes, ela afirmou que “as portas do inferno não prevalecerão contra a nossa família, contra a Igreja brasileira e contra o nosso Brasil”.

– Eu vou louvar o nome do meu Senhor até meu último fôlego de vida. Nós vamos sim trazer o nome do nosso Senhor Jesus para o governo. Vamos declarar que esta nação pertence ao Senhor. As portas do inferno não prevalecerão contra a nossa família, contra a Igreja brasileira e contra o nosso Brasil – afirmou.

Michelle, que estava ao lado do presidente Jair Bolsonaro no palco, disse ainda que o Brasil é uma nação “próspera”, ainda que tenha sido “mal administrada” no passado.

– Não é fácil estar nesta posição, queria eu estar servindo a igreja na cozinha. Somos uma nação abençoada, uma nação próspera, mas uma nação que foi mal administrada. Nenhuma arma forjada prevalecerá contra ela. Ela não se chamará mais nação desamparada – completou.

Antes do discurso, Michelle já havia feito uma oração na qual agradeceu a Deus pela Marcha e também citou trechos da Bíblia, como Salmos 33:12 (Feliz é a nação cujo Deus é o Senhor) e Mateus 16:18 (Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela).

SOBRE A MARCHA
Promovida pelo Conselho de Ministros do Estado do Rio de Janeiro (COMERJ), a 15ª edição da Marcha para Jesus teve concentração na Avenida Presidente Vargas e se estendeu até a Praça da Apoteose, onde um grande palco foi montado para receber apresentações de cantores do gospel.

Ao longo do trajeto, seis trios elétricos animaram a multidão. Foram trios do COMERJ, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), do Projeto Vida Nova de Irajá, da Assembleia de Deus de Madureira, da Comunidade Evangélica Internacional da Zona Sul e da Igreja Batista da Lagoinha.

Além dos trios, o povo ainda marchou na companhia do Bloco Cara de Leão, com 50 músicos, e da Bateria Salmo 150, ministério de evangelismo ligado à Igreja Renascer em Cristo.

Leia também1 Jornalista Carla Cecato declara voto em Bolsonaro e detona Lula
2 Presidente do TRE-RJ diz: Quem tumultuar nas eleições vai preso
3 Bolsonaro e Michelle celebram Marcha para Jesus no RJ
4 Bolsonaro minimiza operação do FBI contra Trump
5 Bolsonaro fala em processar jornalista que publicou fake sobre almoço com Guilherme de Pádua

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.