Leia também:
X Datafolha: 81% da população brasileira é cristã

Malafaia detona pastor Deive Leonardo por elogio a padre Fábio de Melo

Para o pastor, não se pode "fazer graça com quem adora ídolos e que já fez críticas à Igreja Evangélica"

Ana Luiza Menezes - 13/01/2020 17h39 | atualizado em 15/01/2020 16h24

Malafaia criticou pastor que elogiou o padre Fábio de Melo Foto: Reprodução

Nesta segunda-feira (13), o pastor Silas Malafaia utilizou suas redes sociais para criticar uma publicação do pastor Deive Leonardo, que elogiou o padre Fábio de Melo. Em vídeo, o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) se referiu a Deive como youtuber evangélico.

O encontro entre o youtuber e o católico aconteceu no sábado (11). Eles publicaram fotos em suas redes sociais e trocaram elogios. Fábio de Melo disse que Deive “tem muito o que oferecer”, que retribuiu afirmando que “o brilho de Jesus é resplandecente” no padre.

Para Malafaia, Deive faz parte de uma “garotada” que gosta de “estar perto de famoso, elogiar e quebrar princípios”.

– Nós, evangélicos, criticamos o Porta dos Fundos. Mas, pela porta da frente, estamos esculhambando nossos princípios. Agora, [vem] uma garotada youtuber evangélica, [e] virou modinha estar perto de famoso, elogiar e, na maior cara de pau, quebrar princípios. Eles não sabem o que é princípio. Princípios são normas de Deus inegociáveis. Estão confundindo princípios com amor. Deixa eu dizer uma coisa para vocês. Princípios inegociáveis do evangelho: Idolatria, não tem negociação, quer no Antigo ou no Novo Testamento – ressaltou.

Padre Fábio de Melo em encontro com o pastor Deive Leonardo

Ele também disse que evangélicos não podem “fazer graça com quem adora ídolos e que já fez críticas à Igreja Evangélica”.

– Aí um padre famoso e um youtuber evangélico, também famoso, dizendo: ‘Olha, você tem uma luz de Cristo’. Quer dizer que quem adora ídolo tem luz de Cristo? Porque quem adora ídolo tá em trevas (…) Nós estamos vivendo um tempo muito difícil, negociando princípios (…) Nós estamos abrindo mão de princípios inegociáveis. Idolatria não se negocia. Não podemos fazer graça com quem adora ídolos e que já fez críticas à Igreja Evangélica e a pastores (…) Senhores líderes, pastores evangélicos, estamos vivendo um tempo mau – apontou.

Leia também1 Malafaia diz: "Não vou abrir mão da verdade do Evangelho"
2 Padre Fábio de Melo conhece e elogia pastor Deive Leonardo
3 Pr. Silas Malafaia proíbe uso de celulares durante os cultos

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.