Leia também:
X CNN: Âncora é criticada ao dizer que “apenas 1 policial” morreu

Malafaia protesta contra Globo por matérias sobre Jacarezinho

Pastor se manifestou por meio de uma rede social

Ana Luiza Menezes - 08/05/2021 15h36 | atualizado em 08/05/2021 16h00

Pastor Silas Malafaia Foto: Reprodução

Neste sábado (8), o pastor Silas Malafaia usou as redes sociais para protestar contra a cobertura jornalística da Rede Globo sobre a operação policial no Jacarezinho, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Ele criticou expressões usadas pela emissora para definir as pessoas mortas na comunidade.

Na publicação, o religioso destacou que um policial foi morto durante a operação.

– O jornalismo inescrupuloso da Globo Lixo! Os meninos ! Os suspeitos! Bandidos fortemente armados encaram a polícia e matam um policial. Em qualquer lugar do 1º mundo, quem enfrenta a polícia se prepare para morrer! EUA, França, Inglaterra, Alemanha, etc – escreveu Malafaia.

OPERAÇÃO EXCEPTIS
Considerada a operação mais letal da história do estado fluminense, a Exceptis deixou dezenas de feridos e 29 pessoas mortas, entre elas um policial. Dez pessoas foram presas. A polícia também apreendeu armas, granadas, uma munição de míssil, além de drogas e plantação de maconha.

Coordenada pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), a incursão da Polícia Civil objetivava cumprir mandados de prisão contra traficantes que estariam aliciando menores e atuando no sequestro de trens da SuperVia pela maior facção do tráfico no estado, o Comando Vermelho.

Publicação do religioso Foto: Reprodução

Leia também1 Malafaia critica a cobertura da imprensa sobre manifestações
2 Malafaia: "Vou presentear Boulos com um tonel de óleo de peroba"
3 Pastores se unem no Planalto e oram pelo presidente Bolsonaro
4 Bolsonaro diz a pastores que irá indicar André Mendonça ao STF
5 PT e partidos de centro disputam apoio de evangélicos para 2022

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.