Leia também:
X 5 personalidades cristãs que deixaram saudades em 2019

Malafaia desafia Porta dos Fundos com Maomé gay

Em vídeo, pastor falou sobre intolerância religiosa e afirmou que o grupo cometeu crime

Henrique Gimenes - 30/12/2019 18h03 | atualizado em 30/12/2019 18h04

Pastor Silas Malafaia Foto: Reprodução

Nesta sexta-feira (27), o pastor Silas Malafaia publicou um vídeo em suas redes sociais para falar sobre o Porta dos Fundos. Referindo-se ao grupo como “idiotas esquerdopatas apoiadores de Luladrão”, Malafaia criticou o especial de Natal dos humoristas.

A Primeira Tentação de Cristo traz a sugestão de uma relação homossexual entre Jesus e Satanás e põe Deus, Maria e José como um triângulo amoroso. O vídeo foi lançado no dia 3 de dezembro na Netflix. Para o pastor, o Porta dos Fundos cometeu um crime com o especial.

– Eles cometeram crime. A imprensa se cala e o Ministério Público também. A imprensa se cala porque é apoiadora de lixo moral. Tudo que é lixo moral eles apoiam. Fala alguma coisa de gay. “É homofóbico”, e aí vem o MP e a imprensa. Proteja a criança de erotismo. Aí vem o Ministério Público e a imprensa – disse

Malafaia também acusou o grupo de ser intolerante.

– Eu não vim aqui defender Jesus. Ele está vivo e sabe muito bem se defender. Eu vim aqui protestar por um crime que esses caras cometeram e que ninguém fala nada, a imprensa se omite. E agora fizeram algo que eu condeno e não apoio, jogaram coquetel molotov na sede desses caras. Isso não é cristão quem fez isso. Mas aí a imprensa vem falar de intolerância. Vamos deixar de ser cínicos. Intolerância é o que esses caras praticaram e quem ninguém falou nada – explicou.

O pastor desafiou os atores a fazer um vídeo “mostrando Maomé como gay”.

– Eu queria dizer para eles o seguinte: sabe por que vocês têm liberdade de expressão? Porque o paradigma do mundo ocidental é o modelo judaico-cristão e a reforma protestante, senão o ocidente ia ser uma sociedade de bárbaros e vocês estariam ferrados. Vai um desafio para o Porta dos Fundos: Que tal vocês fazerem um vídeo mostrando Maomé como gay. Vocês são frouxos! Aí vocês vão ver o que é intolerância – declarou.

Leia também1 Porta dos Fundos: Polícia deve identificar suspeitos em 5 dias
2 Porta dos Fundos perde curtidas no Facebook em 2019
3 Polícia diz que ataque ao Porta dos Fundos não foi terrorismo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.