Leia também:
X Feliciano trata sobre os sonhos em lançamento da MK Books

Livro chinês altera texto bíblico e diz que Jesus apedrejou mulher

Caso foi exposto pela agência de notícias Union of Catholic Asian News

Ana Luiza Menezes - 30/09/2020 15h08 | atualizado em 30/09/2020 15h09

Segundo site, livro chinês alterou texto bíblico e disse que Jesus apedrejou mulher Foto: UCA News

Segundo a agência de notícias Union of Catholic Asian News (UCA News), um livro publicado pela Universidade de Ciência Eletrônica e Tecnologia, que é administrada pelo governo chinês, distorceu uma passagem da Bíblia. A obra, usada para ensinar ética profissional e direito, afirma que “Jesus Cristo apedrejou até a morte uma pecadora para respeitar a lei da época”.

Ainda de acordo com o livro chinês, além de matar a mulher, Jesus “também é um pecador”.

Porém, na história bíblia original, de João 8, Jesus não fez mal à mulher.

Um paroquiano católico, que não teve o nome revelado pela UCA News, manifestou sua indignação com o caso e exibiu uma cópia da história distorcida no livro chinês.

– Quero que todos saibam que o Partido Comunista Chinês sempre tentou distorcer a história da Igreja, caluniar nossa Igreja e fazer as pessoas odiarem nossa Igreja – declarou ele, em uma rede social.

Mathew Wang, professor cristão de uma escola profissionalizante, também se pronunciou e confirmou o caso para a agência de notícias. Ele disse que os autores usaram o exemplo errado a fim de justificar leis chinesas.

Leia também1 Feliciano trata sobre os sonhos em lançamento da MK Books
2 "Recebi um chamado de Deus", diz Arthur Aguiar após críticas
3 Globo: Líderes religiosos cantam com Sandy e pedem tolerância
4 Arthur Aguiar aceita Jesus e é batizado em retiro da Lagoinha
5 Pastor lança ebook para quem exerce o ministério da pregação

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.