Leia também:
X Catar é o 18º país no mundo que mais persegue cristãos

Jogador do Equador testemunha: “Ganhamos a taça de Cristo”

O grupo é formado por atletas cristãos que não se intimidaram por estar em um país muçulmano

Leiliane Lopes - 02/12/2022 18h01 | atualizado em 02/12/2022 20h47

A seleção do Equador ficou de joelhos e agradeceu a Deus após vencer o Catar Foto: Federación Ecuatoriana de Fútbol/Instagram

Sem classificação para as oitavas de finais, a seleção do Equador deixou a Copa do Mundo com o sentimento de vitória. Pelas redes sociais, o zagueiro Xavier Arreaga declarou que o time testemunhou a fé em Jesus.

– Eu pessoalmente vejo que na Copa ganhamos a taça de Cristo, vendo como Seu nome foi exaltado e ser um testemunho para o mundo de uma seleção e sua fé Nele. Essa é a maior vitória – revelou Xavier.

O atleta também confessou que o desejo deles era continuar, mas que os planos de Deus são diferentes e “não há nada que se possa fazer” quando a vontade Dele não é a mesma. Ainda assim, o zagueiro agradeceu a Deus por tudo.

A seleção do Equador teve a ousada reação de colocar todos os jogadores de joelhos para agradecerem a Deus pela vitória de 2 a 0 contra o Catar no primeiro jogo do Mundial.

Mesmo voltando para casa mais cedo do que era esperado, o jogador Moisés Caicedo aproveitou uma postagem no Instagram para dar graças a Deus por ter realizado o sonho de disputar a Copa.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Xavier Arreaga 🇪🇨 (@xavier_arreagab)

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Moisés Caicedo23 (@moises_caicedo55)

Leia também1 Pelé segue internado e apresenta infecção respiratória
2 Neymar se diz 'zerado' da febre e faz fisioterapia visando retorno
3 Alex Sandro tem lesão muscular e é terceiro desfalque da Seleção
4 Catar admite morte de 500 imigrantes em obras da Copa
5 Catar é o 18º país no mundo que mais persegue cristãos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.