Leia também:
X Dwayne Johnson e a família foram curados da Covid-19

Jim Caviezel atua em filme sobre perseguição aos cristãos

Ator foi Jesus no sucesso A Paixão de Cristo

Rafael Ramos - 03/09/2020 13h55

Jim Caviezel atua em filme sobre perseguição aos cristãos Foto: Reprodução

Lembrado até hoje por dar vida ao Filho de Deus no épico A Paixão de Cristo, dirigido por Mel Gibson, em 2004, o ator Jim Caviezel integra o elenco do filme Infidel, que aborda a perseguição aos cristãos no Oriente Médio e chega aos cinemas americanos no dia 18 de setembro. Católico, Caviezel interpreta um americano sequestrado enquanto participava de uma conferência no Cairo, que acaba preso no Irã sob a acusação de espionagem.

– A perseguição bárbara aos cristãos é algo que ainda acontece hoje. O objetivo seria criar um senso de urgência e relevância para os cristãos e não-cristãos que deveriam estar engajados nesta questão. Quando li os evangelhos, nunca vi um Jesus que se sentasse lá e dissesse: “Que pena para ele” e esse não é o Evangelho que eu conheço” – relatou ao podcast Edifi, apresentado pelo escritor e jornalista cristão Billy Hallowell.

Mexido com sua experiência ao interpretar Jesus, o ator tem expressado bastante sua fé em Deus e também não se esconde de opinar sobre questões séries, como o aborto.

– Eu observei a barbárie do aborto. Eu vi um deles… Não há mais como se esconder. Mesmo que eu realmente não soubesse quem é Jesus, algo em mim, minha própria consciência me atingiria, me dizendo: “Isso é imoral. Isso é errado. Por que estamos fazendo isso?”.

Leia também1 Whindersson lança single sobre comunhão com Jesus
2 Flordelis: Bancada evangélica repudia ataques aos cristãos
3 Dwayne Johnson e a família foram curados da Covid-19
4 Anderson Freire anuncia que foi diagnosticado com Covid
5 Josué Valandro Jr pode ganhar Medalha Tiradentes da Alerj

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.