Leia também:
X Ministério da Defesa concede honraria a Luciano Hang

Janones diz querer expulsão de André Valadão: “Maldito”

Deputado se manifestou por meio das redes sociais

Pleno.News - 10/10/2022 13h14 | atualizado em 10/10/2022 13h58

André Janones Foto: Paulo Sergio/Câmara dos Deputados

Nesta segunda-feira (10), o deputado federal André Janones (Avante-MG) disse que pedirá que o pastor André Valadão seja desligado da Igreja Batista da Lagoinha. O parlamentar se manifestou por meio das redes sociais e chamou o religioso de “maldito”.

– Vou pedir que “ pastor” André Valadão seja desligado da Igreja Batista da Lagoinha! Ninguém na Igreja suporta esse maldito, só que ninguém tem coragem de falar em respeito ao pastor Márcio Valadão que é muito amado e respeitado! Óbvio que o pedido não será aceito, mas é simbólico! – escreveu, no Twitter.

O deputado, que é membro da IB Lagoinha, disse que pedir o desligamento do pastor é um direito seu.

– Só pra constar: como membro da IBL, esse é um direito que me assiste! – declarou.

Ele também reagiu a um tuíte em que o pastor chamou Lula de “mula”

– Votar no MULA é autorizar um modelo de governo amigo de países socialistas comunistas, é dizer sim aos furtos, é incentivar a ideologia de gênero para crianças nas escolas e acima de tudo estatizar a nação levando a estagnar a economia e fechar portas para o mundo – disse Valadão.

– E votar no Bolsonaro e permitir que vagabundos como você continuem a mentir livremente e assediar as irmãs da igreja! Você não representa nossa Igreja! Hipocrita, SUJO! – apontou o deputado.

Leia também1 Confira alguns opositores de Jair Bolsonaro que não se elegeram
2 Ministério da Defesa concede honraria a Luciano Hang
3 Zema diz que o povo mineiro já está 'vacinado do PT'
4 Lula diz que Auxílio Brasil "só continua" se ele se eleger
5 Influencer diz que foi impedida de falar de Bolsonaro em festa

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.