Leia também:
X Dois homens são detidos com coquetéis molotov em SP

Igrejas têm cultos presenciais com capacidade reduzida

Líderes têm orientado seus membros a respeitar algumas restrições durante as reuniões

Rafael Ramos - 07/06/2020 17h10 | atualizado em 07/06/2020 21h18

Diante da flexibilização da quarentena autorizada pelo decreto do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, algumas igrejas voltaram a realizar seus cultos presenciais na manhã deste domingo (7). Por meio de uma nota, Witzel informou que as reuniões podem funcionar observando a distância de um metro entre as pessoas.

Uma das igrejas que retomou as atividades é a Assembleia de Deus Vitória em Cristo do pastor Silas Malafaia. Com sede no bairro da Penha, na Zona Norte do Rio de Janeiro, a ADVEC instruiu os membros por meio das redes sociais, orientando a usarem máscaras nos templos e manterem o distanciamento. Crianças, idosos e pessoas do grupo de risco da Covid-19 foram aconselhadas a ficarem em casa.

– Graças a Deus por mais um domingo de comunhão do Corpo de Cristo! A presença do Espírito Santo inundou os nossos corações. Não paramos de orar, cremos que o nosso Senhor nos livrará desta praga!

Pr. Joshua Adams vai retomar os cultos em fases graduais Foto: Reprodução

A Igreja United, situada nos municípios do Rio de Janeiro e de Duque de Caxias, também retomou com as reuniões presenciais. O retorno está sendo feito em fases que tiveram início neste domingo, abrindo apenas para voluntários e membros. A partir de julho, os cultos serão abertos ao público em geral.

Outras igrejas retomam seus cultos a partir da noite. Enquanto isso, há as que preferiram manter as reuniões online, como a Lagoinha Niterói, a Onda Dura e a Igreja Dimesão.

Leia também1 Confusão marca protesto contra Bolsonaro no Rio
2 Homem perde emprego após participar de protesto violento
3 General Heleno cumprimenta grupo em ato pró-Bolsonaro
4 Jovem vence a Covid após sofrer um ataque cardíaco
5 Kemuel emite nota de repúdio após acusação de racismo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.