Leia também:
X Missionária da ADVEC entrega profecia para Michelle Bolsonaro

Esposa do pastor Silas Malafaia: “Satanás quer destruir a família”

Formada em psicologia, a pastora explica a importância dos papéis masculino e feminino na formação dos filhos

Leiliane Lopes - 27/10/2022 21h03 | atualizado em 28/10/2022 11h34

Pastora Elizete Malafaia em entrevista ao PodCrê Foto: Divulgação

A pastora Elizete Malafaia, esposa do pastor Silas Malafaia, fez algumas declarações importantes sobre como as figuras materna e paterna são importantes para a formação dos filhos e que os ataques contra a família visam destruir esses papéis instituídos por Deus.

A líder do ministério das mulheres na Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) foi entrevistada do PodCrê, o podcast do Pleno.News, quando respondeu sobre vários assuntos, inclusive sobre família.

Psicóloga formada, Elizete explicou que a dependência emocional é algo que ela vê com frequência nas mulheres que aconselha na igreja e que, muitas vezes, esse sentimento está atrelado à falta da figura paterna, por isso ela deu um recado para os pais e mães:

– Ocupe seu lugar de esposa e o seu lugar de pai. A função do homem nesta Terra é ser o governo, o poder e a ordem e o papel dele é proteger essa casa – ensinou.

Segundo ela, a falta de figura paterna gera grandes problemas na formação das crianças; inclusive, problemas de identidade sexual e que uma mãe ausente também trará prejuízos à formação dos filhos.

– É muito importante quando a gente entende a importância desses papéis na família [do pai e da mãe], porque esse vazio as drogas preenchem, o sexo preenche, a compulsão por compras preenche, o narcisismo preenche – alertou.

Na explicação da pastora, a relação do bebê com a mãe acontece desde a gestação até nos primeiros meses de vida e o pai será a pessoa que vai mostrar para a criança que há uma diferença entre o bebê, a mãe e o pai.

– Quando o pai não entra, a identidade sexual dessa criança vai ter problemas. Por isso, uma das táticas de Satanás hoje em dia é deixar muitas mulheres criando seus filhos sozinhas, muitas mulheres são abandonadas na gravidez e isso é diabólico. Isso é altamente espiritual e muita gente não entende isso, porque esse pai vai fazer falta – continuou.

A pastora seguiu explicando os fatores psicológicos que regem essa relação e afirmou que a ideologia de gênero tem como objetivo destruir os papéis de macho e fêmea que são essenciais.

– O diabo quer destruir no ser humano que é a imagem e semelhança de Deus. E qual é a imagem e semelhança de Deus? O macho e a fêmea. E o diabo quer fazer um ser andrógino, indefinido, e isso é altamente diabólico – completou.

ASSISTA:

Leia também1 "Não vamos entrar, já estamos no apocalipse", diz Chris Durán
2 PodCrê: Pastor Renato Vargens esclarece temas bíblicos do aspecto teológico
3 PlenoCast 93 recebe Damares, Bruna Karla, Sarah Farias, Bella Falconi e Celina Leão
4 Bispa Sonia já viu invocações espirituais em outros governos
5 Sula Miranda: "Pela fé, vejo toda minha família convertida"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.