Leia também:
X Conheça Katharina Von Bora, figura importante na Reforma

Conheça Argula von Stauffen, importante nome da Reforma

Ela é conhecida como a primeira escritora protestante

Pleno.News - 31/10/2021 10h08

Argula von Stauffen Foto: Divulgação

A Reforma Protestante, iniciada por Martinho Lutero, é repleta de nomes masculinos que ajudaram a construir e a repercutir o movimento. Mas algumas mulheres também deram a sua contribuição. Uma delas é Argula von Stauffen Grumbach.

Argula nasceu em 1492, em uma família nobre, na Alemanha. Seus pais eram muito religiosos e a presentearam com um exemplar da Bíblia ainda aos 10 anos de idade. Ao longo da vida, a menina recebeu uma educação de qualidade e chegou a ser dama de companhia da rainha Kunigunde, filha do imperador Frederico III.

Em 1520, a alemã surpreendeu todos ao romper com o catolicismo e aderir ao movimento protestante. Nessa época, ela já era casada. Apesar de seu marido ser católico e de sofrer pressões para não deixar a esposa se expressar, Argula continuou a apoiar a reforma, e o casamento resistiu apesar das diferenças.

Conhecida como a primeira escritora protestante, Argula também ganhou fama ao desafiar a direção da Universidade de Ingolstadt, em 1523. A alemã enviou uma carta ao diretor da instituição protestando contra a prisão de um jovem professor que professava a fé protestante.

No documento, Argula citou mais de 80 textos bíblicos para argumentar contra a decisão. Não demorou muito, e a carta se tornou um pequeno livro que foi reproduzido dezenas de vezes, em poucos meses.

As cartas e poemas que Argula escreveu alcançaram grande sucesso na época. O pastor e teólogo luterano Balthasar Hubmaier, chegou a afirmar:

– Argula sabe mais do Verbo divino do que todos os chapéus vermelhos (canonistas e cardeais) nunca souberam ou poderiam conceber. Ela é uma heroína da fé.

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.