CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Meu pastor!

Em live, Feliciano vai abordar mudanças na forma de adorar

Programação vai acontecer amanhã no canal do pastor no YouTube

Paulo Moura - 29/05/2020 10h54

Pastor Marco Feliciano fará live neste sábado Foto: Divulgação

Novos tempos, cultos online, uso do celular para evangelizar através de lives ou para compartilhar a palavra de Deus. Essas e outras mudanças serão abordadas pelo pastor e deputado federal Marco Feliciano em uma live neste sábado (30) às 20h, em seu canal no YouTube.

Na conversa, intitulada “Culto e causos de antigamente”, o pastor trará ao público uma visão contextualizada sobre o tema e falará um pouco das mudanças ocorridas no jeito de adorar dos cristãos.

Live do pastor Marco Feliciano terá a participação de Roberto Marinho Foto: Divulgação

Como tradicionalmente tem acontecido, a programação contará novamente com a participação do cantor e pastor Roberto Marinho, que faz parte do Ministério Fire and Glory Church.

Em uma entrevista concedida ao portal Pleno.News, o pastor falou um pouco sobre o tema que será abordado no dia 30 e relatou algumas mudanças ocorridas diante da chegada dos novos tempos e da tecnologia. Acompanhe.

Quais foram as principais mudanças na celebração dos cultos de antigamente para hoje?
As igrejas evangélicas ou reformadas, tradicionais ou históricas mantém sua homilia. A mudança no entanto está no espírito do adorador. Ao homem moderno falta o quebrantamento, a sensibilidade. Antes nos preparávamos para ir ao céu, hoje nos preparamos para um céu aqui na terra.

Como essas mudanças impactaram na nova geração de fieis?
Quando há mudanças nas prioridades, há um enfraquecimento espiritual no adorador. Houve uma mudança nas a pregações. Deixaram de ser cristocêntricas e profundas, criando uma geração relativista e rasa.

Quais foram as situações inusitadas que aconteceram em razão dessas mudanças?
As manifestações espirituais estão desaparecendo. Os dons do Espírito Santo que são adornos para a igreja estão escassos.

Na sua visão, essas mudanças foram positivas ou negativas?
Positivas por um lado, exemplo: nossos pregadores tem acesso fácil a vasta informação pra confecção dos ser sermões. Negativas por outro, exemplo: como há muita informação, aparentemente muitos se escoram no conhecimento esquecendo a antiga receita da oração. Um sermão é apenas um amontoado de gravetos, o que coloca fogo nele é a busca, a oração, o jejum.

Como a tecnologia impactou na forma de cultuar?
Em tempos de pandemia nos ajudou é muito. A tecnologia não é um problema em si. O mal uso dela sim. Como as informações chegam rápido demais, chegam também as fake news evangélicas, as distorções, as desinformações. As notícias ruins se proliferam na velocidade da luz, e como consequência, os incautos, os neófitos, os que não estão firmados na rocha e os não convertidos de verdade se escandalizam, se enfraquecem e deixam de acreditar nos pregadores e em suas mensagens.

A pandemia e os cultos online devem alterar de alguma forma os cultos?
Sim, estão aguçando a “fome” pela palavra, pela comunhão, pelo louvor que os cristãos tem. A saudade dos abraços, dos apertos de mãos, Creio que os crentes de verdade não veem a hora dos cultos presenciais voltarem! Quando tudo voltar ao normal, em nome de Jesus, daremos mais valor aos nossos cultos.

Leia também1 Pastores proclamam sete dias de jejum pelo Brasil
2 As Viagens de Gulliver no Brasil de 2020
3 Veja os shows gospel que acontecerão no mês de agosto
4 Lives do gospel batem recorde de acessos. Veja o TOP 10!
5 Veja perfis cristãos para você seguir e se divertir no TikTok

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo