Leia também:
X E-book ensina a vencer batalhas espirituais através da oração

Lançamento da MK Books mostra que perdoar é libertador

"O perdão alivia os efeitos da dor", diz Paschoal Piragine Jr. em Alegria do Perdão

Pleno.News - 06/08/2021 10h31

Paschoal Piragine Jr. mostra a vantagem do perdão com base na vida de Davi Foto: Reprodução

Sempre trazendo conteúdos relevantes, para aprimorar o desenvolvimento de toda pessoa na caminhada cristã, a MK Books apresenta mais um material de qualidade: o livro do pastor Paschoal Piragine Jr., da Primeira Igreja Batista de Curitiba. Após abordar temas como família e crescimento na igreja, Paschoal trata sobre o perdão no e-book Alegria do Perdão, que está disponível nas lojas virtuais.

Com base na vida do rei Davi, a obra mostra como a atitude de liberar perdão, mais que um ato de coragem, é algo realmente libertador. Como uma via de mão dupla, perdoar faz bem a quem perdoa e a quem é perdoado.

– O perdão alivia os efeitos da dor, da mágoa, do ressentimento e da raiva. É um processo que envolve o movimento do coração e da mente em direção à compaixão, [ao] amor e [à] compreensão. Desfrute da alegria do perdão, e seja verdadeiramente livre! – convida o autor de Alegria do Perdão, que lançou a versão física do livro pela AD Santos Editora.

Alegria do Perdão é mais um lançamento da MK Books Foto: Divulgação/MK Books

Além de Alegria do Perdão, você pode conferir mais três e-books de Paschoal Piragine Jr. na MK Books: Nada me Faltará, Crescimento Integral da Igreja e Doenças da Família Moderna.

Leia também1 E-book ensina a vencer batalhas espirituais através da oração
2 AD Santos Editora supera a marca de 500 obras publicadas
3 MK Books lança obra de Bob Sorge, famoso escritor cristão
4 Crescimento Sistêmico fala sobre desenvolvimento humano
5 Renovação da Mente é o mais novo lançamento da MK Books

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.