Vida boa, vida plena!

Gilton Medeiros - 30/11/2019 08h01

 

“Eu vim para que as ovelhas tenham vida, a vida completa.” – João 10.10b

 

Vida plena, abundante, transbordante! Viva vivida com prazer e satisfação. Vida que se gasta com alegria e sentimento de dever cumprido. Enfim, vida realizada, vida que se torna exemplo e legado para as próximas gerações, como a do apóstolo Paulo, que concluiu: “Quanto a mim, a hora já chegou de eu ser sacrificado, e já é tempo de deixar esta vida. Fiz o melhor que pude na corrida, cheguei até o fim, conservei a fé. E agora está me esperando o prêmio da vitória, que é dado para quem vive uma vida correta, o prêmio que o Senhor, o justo Juiz, me dará naquele dia, e não somente a mim, mas a todos os que esperam, com amor, a sua vinda.” (2Tm 4.6-8).

Mas uma vida assim é possível? Ou é apenas um sonho, uma realidade restrita a poucos? Jesus nos promete: “Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva.” (Jo 7.37-38).

A pergunta é: como eu posso ter essa vida plena abundante? A resposta é: Creia em Jesus – entregue-se a ele e faça de Jesus o propósito de sua vida. Quando Jesus se torna a razão da nossa existência, descobrimos como viver em plenitude. É por isso que o apóstolo Paulo declarou: “Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou e se entregou a si mesmo por mim.” (Gl 2.20).

Tendo em Jesus a razão do seu viver, será possível viver melhor, mais feliz e mais realizado. Uma vida centrada em Jesus:

1) Simplificará a tomada de decisões, diminuindo a frustração – diante das muitas escolhas que temos no dia a dia, será mais fácil saber o que fazer ou decidir, pois teremos um parâmetro claro, que são os ensinos de Jesus.

2) Nos trará mais motivação – Saber que vivemos para Jesus será a nossa inspiração a cada manhã. Será mais fácil resistir à tentação de desistir e nos permitirá comemorar as conquistas diárias.

3) Aumentará a nossa concentração – Quando Jesus é o objetivo da nossa vida podemos manter o foco, usando melhor o tempo, a energia e os recursos que dispomos.

4) Atrairá a cooperação de outras pessoas – Quando definimos o propósito da nossa vida, outras pessoas se dispõem a nos acompanhar. As pessoas tendem a seguir aqueles que descobriram claramente quem são e o que desejam realizar.

Paulo explicou isso quando disse: “Mas em nada tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus.” (At 20.24)

Faça de Jesus o propósito da sua vida e viva em plenitude!

OraçãoSenhor, eu quero viver uma vida plena e abundante. Eu quero entregar a minha vida a Jesus e viver para ele. Que ele seja a razão do meu viver. Por Jesus, amém!

 

Pr. Gilton Medeiros é diretor executivo do Ministério Vida Radiante, coordenador do Congresso da Terceira Idade – Vida Radiante, editor do Jornal Novas e escritor.

LEIA TAMBÉM+ Eu não estou só!
+ Há alguém que se importa comigo!
+ Não tenho medo


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo