Tenha paciência!

Gilton Medeiros - 17/09/2019 05h00

“O lavrador aguarda com paciência o precioso fruto da terra.” (Tg 5.7)

Está cada vez mais difícil ser paciente. As pressões da vida agitada (principalmente nos grandes centros urbanos), a permanente sensação de que estamos sempre atrasados para os compromissos e afazeres, a necessidade de apresentar resultados e cumprir metas são alguns dos fatores que nos tornam cada vez mais impacientes e sem tolerância uns para com os outros. Aos poucos vamos nos tornando pessoas ásperas, ranzinzas, indelicadas e insensíveis. A nossa paciência com as pessoas acaba em um segundo!

Mas, se as coisas são assim para a maioria das pessoas, para você, que é discípulo de Jesus, é preciso que seja diferente! A Bíblia orienta para que sejamos pacientes e cuidadosos em nossos relacionamentos – “Vistam-se de misericórdia, de bondade, de humildade, de delicadeza e de paciência. Não fiquem irritados uns com os outros e perdoem uns aos outros, caso alguém tenha alguma queixa contra outra pessoa. Assim como o Senhor perdoou vocês, perdoem uns aos outros.” (Cl 3.12-13)

Além disso, não podemos nos esquecer de que o exercício da paciência é o fundamento de uma vida cristã vitoriosa. Paulo, ensina que “tudo que dantes foi escrito para nosso ensino foi escrito, para que, pela paciência e consolação das Escrituras, tenhamos esperança.” (Rm 15.4) E Tiago acrescenta: “Eis que temos por felizes os que perseveraram firmes. Tendes ouvido da paciência de Jó e vistes que fim o Senhor lhe deu; porque o Senhor é cheio de terna misericórdia e compassivo.” (Tg 5.11)

A nossa paciência, diz Tiago, deve ser semelhante à da pessoa que espera a colheita de uma sementeira: não adianta querer apressar ou ficar ansioso e preocupado: o fruto da colheita só vem no tempo certo! E, em Provérbios, Salomão adverte: “A pessoa de mau gênio sempre causa problemas, mas a que tem paciência traz a paz.” (15.18 – NTLH)

Sejamos, pois, pacientes, cordiais e amorosos!

Oração – Senhor, eu reconheço que tenho sido impaciente e sem tolerância. Eu quero tudo para agora e não aceito esperar. Também reconheço que esse modo de agir tem afastado das pessoas e até tem me causado prejuízos. Eu peço a sua ajuda para ter forças, sabedoria e entendimento para aprender a ser mais paciente. Ajuda-me a entender que há um tempo devido para cada coisa. Por Jesus, amém!

 

Gilton Medeiros é pastor da Igreja Batista Jardim Santíssimo, na cidade do Rio de Janeiro. Atua também como Diretor Executivo do CJC – Ministério Vida Radiante, é editor do Jornal Novas e escritor.

LEIA TAMBÉM+ Há alguém que se importa comigo!
+ Paz em meio à tempestade
+ Andando em segurança


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo