Leia também:
X “Saulo estava correndo risco de morte”, diz Márcio Poncio

Sentimentos não precisam ser explicados

Carlos Bregantim - 16/07/2020 05h00


Sentimentos, quando precisam ser explicados, é porque deixaram de ser notados.

Afeto, ternura, conforto, consolo, encorajamento e amizade aparecem nos movimentos que se faz em direção ao outro, não em discursos explicativos ou gestos exagerados. Relacionamentos que precisam de justificativas, explicações ou desculpas o tempo todo, já entraram numa rota de colisão e não de equação.

Amigos não se explicam o tempo todo e quem ama não precisa explicar nada, apenas ama. Amizade é o vínculo mais duradouro que conheço e amigos são aqueles que têm tudo para não serem amigos, mas o são.

Desejo-lhes amigos e amizades que não precisem de explicações, comparações, cobranças, melindres, justificativas. Antes, aprendem a conviver com tensões ocasionais, até porque, não há relacionamentos sem tensões.

Carlos Bregantim é autor do livro Bora pra Vida – volumes I, II e III e mentor do Caminho da Graça em São Paulo.
Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.