Renovo, refrigério e alento: eu quero!

Gilton Medeiros - 29/11/2019 05h00

 

“A lei do Senhor é perfeita e refrigera a alma; o testemunho do Senhor é fiel e dá sabedoria aos símplices.” Salmos 19.7

 

Estamos cansados! Parece que já acordamos querendo descansar um pouco mais! Esta sensação de fadiga e de abatimento pode ter origens em problemas de saúde, mas também pode ser proveniente de causas emocionais, de transtornos psíquicos e até de problemas espirituais. A neurologista Dalva Poyares, presidente da Associação Brasileira de Medicina do Sono, esclarece: “Andamos trabalhando demais e dormindo muito pouco”. Uma pesquisa recente do Ibope dá uma ideia da repercussão desse comportamento: 98% dos brasileiros entrevistados se dizem cansados e 61%, exaustos.

Alguns especialistas apontam pelo menos dez razões para o cansaço, especialmente o abatimento excessivo: estresse, sedentarismo, anemia, diabetes, apneia do sono, depressão, fibromialgia, doenças cardíacas, infecções e problemas no funcionamento da tireoide. Como se pode ver, em todos esses casos, é necessário que se procure ajuda especializada, seja ela médica, psiquiátrica ou psicológica.

Mas, além disso, precisamos acrescentar que o cansaço constante também pode ser proveniente de dificuldades espirituais. Falando mais claramente: os nossos pecados, que causam tanta dor a nós mesmos, aos que estão em nosso derredor e ao próprio Deus, são as fontes do abatimento que muitas vezes nos levam ao chão! O rei de Israel e salmista Davi traduziu essa realidade de modo perfeito: “Enquanto não confessei o meu pecado, eu me cansava, chorando o dia inteiro.” (Sl 32.3).

Por isso, se você está cansado, abatido e sem ânimo para nada, eu sugiro que você faça uma análise criteriosa de sua vida. Busque a Deus, confesse a ele os seus pecados e peça para ele lhe perdoar. O perdão de Deus lhe dará novas forças, novo vigor e trará refrigério, devolvendo a alegria que você tinha, mas perdeu. Foi exatamente o que Davi pediu (e recebeu) quando confessou o seu pecado! (Sl 51). E, no mesmo Salmo 32 que já citamos, Davi disse: “Feliz aquele cujas maldades Deus perdoa e cujos pecados ele apaga! Feliz aquele que o Senhor Deus não acusa de fazer coisas más e que não age com falsidade!” (Sl 32.1-2).

A verdade que a Bíblia nos ensina é que não vale a pena viver carregando o peso dos nossos erros. É muito penoso viver assim. A Bíblia adverte: “Quem tenta esconder os seus pecados não terá sucesso na vida, mas Deus tem misericórdia de quem confessa os seus pecados e os abandona.” (Pv 28.13).

Você busca um renovo? Quer alívio, refrigério e alegria de viver? Confie em Deus, busque o seu perdão e descanse em seus cuidados! (Mt.11.28-30).

OraçãoSenhor, eu ando cansado e sei que muito do que sinto é consequência das escolhas erradas que fiz. Eu magoei, feri e ofendi pessoas que estão próximas de mim. Eu até fiz coisas vergonhosas e que me deixam entristecido. Mas eu quero mudar. Eu quero ter alegria para viver. Eu quero viver um tempo de refrigério e de renovo. Eu peço o seu perdão e confesso os meus pecados. Por Jesus, amém!

 

Pr. Gilton Medeiros é diretor executivo do Ministério Vida Radiante, coordenador do Congresso da Terceira Idade – Vida Radiante, editor do Jornal Novas e escritor.

LEIA TAMBÉM+ Amor sem igual
+ Não tenho medo
+ Há alguém que se importa comigo!


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo