Leia também:
X Visionário, Arolde de Oliveira faz parte da história do gospel

Paz em meio à tempestade

Paz em meio à tempestade

Paz em meio à tempestade /Foto: Pixabay

Gilton Medeiros - 23/10/2020 05h00

Ó Senhor, meu Deus, em ti encontro segurança.” Salmo 7:1a
O

historiador e filósofo marxista Eric Hobsbawm cunhou uma expressão que se tornou padrão para descrever os nossos dias: para ele, vivemos a “Era das incertezas”. Como essa expressão afirma, a única certeza desses nossos dias é que nada mais é certo, definido, permanente ou estável! Vivemos numa época em que tudo é mutável, volúvel ou inconstante. Ou, como escreveu Bauman, vivemos tempos “líquidos”, “fluídos”.

Essa dolorosa descrição do nosso tempo, nos ajuda a entender porque muitos perguntam: é possível viver em paz e segurança neste mundo de incertezas?

Sim, é possível! Essa é a resposta que encontramos na Palavra de Deus. E, para compreender o que a Bíblia nos ensina é preciso entender uma verdade essencial: o ensino que encontramos na Palavra é que, para viver em paz e segurança, não é preciso, necessariamente, que as incertezas e dificuldades da existência sejam eliminadas.

Aprendemos isso, de modo claro, quando consideramos um dos episódios da vida de Jesus que ilustra bem o que queremos dizer: “Ora, levantou-se grande temporal de vento, e as ondas se arremessavam contra o barco, de modo que o mesmo já estava a encher-se de água. E Jesus estava na popa, dormindo sobre o travesseiro; eles o despertaram e lhe disseram: Mestre, não te importa que pereçamos? E ele, despertando, repreendeu o vento e disse ao mar: Acalma-te, emudece! O vento se aquietou, e fez-se grande bonança” (Marcos 4:37-39).

Em outras palavras, no meio da tempestade, o sono tranquilo do Senhor nos mostra que é possível ter paz numa hora como essa! Ou ainda, como Jesus garantiu aos seus discípulos: “Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo” (João 16.33). Fica clara a ideia: se enfrentamos tempestades, se passamos por aflições, se nada é certo ou seguro, se não temos garantia alguma – enfim, se tudo parece incerto e se sobram dúvidas, é possível ter esperança, paz e até mesmo alegria em meio ao caos dos nossos dias!

O profeta Habacuque compreendeu bem isso. Vivendo em meio a tristeza e a dor da invasão babilônica, conseguiu ver mais além e cantou: “Ainda que as figueiras não produzam frutas, e as parreiras não deem uvas; ainda que não haja azeitonas para apanhar nem trigo para colher; ainda que não haja mais ovelhas nos campos nem gado nos currais, mesmo assim eu darei graças ao Senhor e louvarei a Deus, o meu Salvador. O Senhor Deus é a minha força. Ele torna o meu andar firme como o de uma corça e me leva para as montanhas, onde estarei seguro” (Habacuque 3:17-19).

A tempestade lhe atingiu? A aflição chegou? Confie! E que “a paz de Deus, que excede a todo entendimento” (Filipenses 4:7) guarde o seu coração e a sua mente!

Gilton Medeiros é pastor da Igreja Batista Jardim Santíssimo, na cidade do Rio de Janeiro. Atua também como Diretor Executivo do CJC – Ministério Vida Radiante, é editor do Jornal Novas e escritor.
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.