CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X É preciso exercitar a fé racional

Os planos de Deus para alcançar a Plenitude

Robson Rodovalho - 03/07/2020 05h00

O Cristianismo passou por uma fase cheia de religiosidade, de ordens, de filosofia, de histórias, contudo, vazia. Mover, movimento, método e monumento, o Cristianismo nasceu nesses ambientes. Tenso, forte, sagrado, ungido, ele cresceu e se tornou um movimento. Mover e movimento são bênçãos. O problema é quando o Cristianismo se torna um método. Por exemplo, houve um período em que era preciso tocar os sinos para as pessoas serem ungidas. Com o tempo, o método se tornou vazio e ficou apenas um monumento.

Ao procurar os ramos do Cristianismo, encontra-se mais monumento ou método do que mover e movimento. O mover genuíno de Deus gera lágrimas nos olhos, corações quentes, jejum, joelhos no chão, oração, vigílias, vidas se convertendo, milagres.

O Cristianismo se divide até hoje em história, filosofia e experiência. Ficar preso à história e à filosofia leva a pessoa a ser a mais pobre criatura, porque o Cristianismo veio para ser experiência, para esquentar o coração, para arder a alma, para molhar os olhos com lágrimas. Ele veio para mostrar que o Deus de milagres é o mesmo que está hoje em seu coração, na sua casa, caminha com você, envia as bênçãos quando precisa. Isso se chama experiência, ou seja, o poder de Deus em ação, em movimento. O Cristianismo é a janela para a eternidade. Jesus veio como homem para ensinar que é possível viver nesse mundo e ter uma ponte com a eternidade.

Já pensou o mundo sem a eternidade? O homem viveria apenas a dimensão do próprio homem. Jesus veio como homem, completo, pleno. Viveu uma vida totalmente consagrada a Deus. Ele demonstrou, com seu estilo de vida, que é possível estar ligado ao sobrenatural. Assim, os cristãos, mesmo vivendo neste mundo, podem receber a manifestação da fé, que os livra do mal. Dessa forma, consegue-se viver harmoniosamente. Essa é a proposta de Deus e do Evangelho.

 

Robson Rodovalho é doutor em Física e Espiritualidade pela Universidade Cristã da Flórida, além de fundador, bispo e presidente mundial da Igreja Evangélica Sara Nossa Terra e da Confederação dos Conselhos de Pastores do Brasil.

Leia também1 Quando se escuta com fé a Palavra de Deus você cresce
2 Sansão, Davi e o caso do Neymar
3 Sua vida só precisa de um plano “A” que está em Deus

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo