O problema dos ídolos

Nancy Dusilek - 12/01/2019 05h00


Deuteronômio 12. 1-32 – “E derrubareis os seus altares, e quebrareis as suas estátuas, e os seus bosques queimareis a fogo, e destruireis as imagens esculpidas dos seus deuses, e apagareis o seu nome daquele lugar” (v.3).

A ordem do Senhor ao povo era para destruir todos os altares e deuses feitos pelo inimigo, para que a nação de Israel não se contaminasse. No entanto, a curiosidade por novos deuses levou muitos israelitas a fazerem o mesmo, aderindo assim à prática da idolatria. Mas, alguém pode dizer: “sou cristão e não tenho ídolos”.

O problema da idolatria não é algo exclusivo da nação de Israel. Ainda hoje temos muitos ídolos em nossa casa. Não de madeira, barro ou material precioso, mas coisas que ocupam o lugar que pertence só a Deus. Vejamos: a televisão e as horas intermináveis que se passa diante dela. Muita gente não consegue se desligar para uma boa conversa em família ou com amigos.

Outra é a tecnologia. Vivemos uma das épocas da história de maior avanço tecnológico em toda a humanidade, com uma rapidez surpreendente. Esse avanço veio favorecer o nosso dia a dia, mas ao mesmo tempo, vivemos uma geração de silenciosos. Cada um com seu aparelho na mão, conectado com quem está longe, porém incapaz de conversar com quem está perto.

O celular tornou-se um ídolo, pois há pessoas que estão conectados vinte e quatro horas por dia em função dele. Para muitos a tecnologia tem se tornado um vício, uma dependência, o que já é considerado uma doença.

Outra idolatria é a da profissão. Muitos cristãos dão atenção demasiada ao trabalho, a ponto de não alimentarem uma relação familiar saudável. O ofício torna-se uma obsessão, ou, um ídolo. Tudo o que ocupa o lugar de Deus em nossa vida pode ser considerado um ídolo e, lendo este capitulo 12 de Deuteronômio, podemos ver claramente que esta é uma atitude totalmente rejeitada pelo Senhor.

Jamais nos decepcionamos quando colocamos Deus em primeiro lugar, portanto, vivamos em total obediência a Ele. Só temos a ganhar. Qual tem sido o seu ídolo?

ORAÇÃO
Senhor, perdoa-me quando coloco outras coisas no lugar que pertence só a Ti e ajuda-me a priorizar o Senhor em minha vida.

Nancy Dusilek é formada em Educação Religiosa e Letras. Atua como escritora e palestrante. É membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil.

Clique para receber notícias
WhatsApp
Envie sugestões por WhatsApp
+55 (21) 97150-9158