Leia também:
X Pastor fala de Salmos 23 para confortar família de Gugu

Mantendo a calma em tempos difíceis

Gilton Medeiros - 24/11/2019 08h08

 

“O vento se aquietou, e fez-se grande bonança.” (Mc 4.39.b)

A capacidade de permanecer calmo, seguro e no controle das situações, especialmente aquelas que nos são adversas, é uma qualidade que muitos não conseguem desenvolver. Os discípulos de Jesus, no caso do milagre em que o Senhor acalmou a tempestade no Mar da Galileia (Mc 4.35-41), deixaram claro que ainda não sabiam como manter a calma na hora de lidar com as frustrações e dificuldades que a vida muitas vezes nos traz. Em meio aos fortes ventos e a tempestade, eles – em tom que parece de medo e recriminação – acordam Jesus e dizem: “Mestre, não te importa que pereçamos?” (v. 38b).

Mas, mesmo que saibamos que os discípulos estavam errados e agindo sem fé (v. 40) temos que reconhecer que nós não somos muito diferentes deles! Também precisamos aprender a agir com a fé que nos capacita a ter calma nas horas difíceis. A base de uma vida vivida de modo sereno é a fé no Senhor que precisamos ter. É pela fé que somos aprovados por Deus e é por meio dela que nós sabemos – e confiamos – que Deus está no controle de tudo. A Bíblia diz: “Sem fé é impossível agradar a Deus.” (Hb 11.6)

Mas, viver pela fé não é um exercício abstrato, desconectado do dia a dia de nossas vidas. Viver pela fé não nos isenta de fazer o que nos cabe – Jesus ressuscitou a Lázaro, mas não tirou a pedra da entrada do túmulo (Jo 11.39)! Aplicando essa analogia à vida, nós podemos (e devemos) exercitar a fé desenvolvendo e fortalecendo hábitos como:

  1. Orientar a vida para a eternidade – Tudo nessa vida é fugaz e passageiro (Tg 4.14). Viva em função do que é eterno e que ficará para sempre. Jesus disse: “Ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam, nem roubam.” (Mt 6.20)

 

  1. Assumir o controle das emoções – As emoções são importantes. Elas fazem parte das nossas vidas, mas elas não podem nos dominar. Aprenda a pensar antes de agir! (Pv. 19.2)

 

  1. Descobrir o que pode ajudar a ter calma – Uma vida de oração é a principal forma de ter o coração calmo, sereno e tranquilo. Observar a natureza, caminhar, ler a Palavra de Deus, louvar ao Senhor … são muitas as formas de manter a calma nas horas difíceis!

 

  1. Viver para Deus – Encontre o propósito de Deus para a sua vida e viva em função da vontade de Deus. Ele sabe e quer o melhor para você. Mantenha seu foco nisso! (Rm 12.1-2)

 

Não é fácil manter a calma, nesse mundo transtornado em que vivemos. Mas é possível!

 

OraçãoSenhor, eu preciso de sua ajuda para me manter calmo quando enfrento os problemas e tento resolver os conflitos da minha vida. Ajuda-me a confiar e a descansar na certeza de que o Senhor está no controle de todas as coisas e faz com que “Todas as coisas cooperem para o bem daqueles que amam a Deus.” (Rm 8.28).

 

Pr. Gilton Medeiros é diretor executivo do Ministério Vida Radiante, coordenador do Congresso da Terceira Idade – Vida Radiante, editor do Jornal Novas e escritor.

Leia também1 Viva com alegria!
2 Vencendo com a perseverança
3 Fazendo o bem, sempre!

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Canal
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.