Leia também:
X Jairo Manhães lembra ordenação pastoral ao lado de Cassiane

Equilíbrio

Equilíbrio é a posição estável de um corpo sem pendências, sem oscilações, ou seja, tanto um lado quanto o outro são necessários na medida certa

Equilíbrio

Equilíbrio Foto: Pixabay

Léa Mendonça - 16/10/2020 05h00

Eis que vos envio como ovelhas para o meio de lobos. Então, sede prudentes como as serpentes e simples como as pombas ” Mateus 10:16

Eu sempre achei esse texto estranho, até que o Espírito Santo me ajudou a entende-lo. A serpente é extremamente prudente, maliciosa, ataca sem ser percebida, ninguém a vê por aí dando bobeira, ela não se expõe ao perigo, mas observa tudo ao redor. Já a pomba é inofensiva, não faz mal a ninguém. É capaz de pousar em frente a um leão sem ao menos se tocar do perigo.

Tendo a definição do comportamento de cada uma delas, cheguei à conclusão, que Jesus está nos ensinando sobre “equilíbrio”. Nem tanto serpente, nem tanto pomba; nem tanto malícia, nem tanto inocência.

Equilíbrio é a posição estável de um corpo sem pendências, sem oscilações, ou seja, tanto um lado quanto o outro são necessários na medida certa.

Salomão escreveu que “O simples acredita em tudo o que dizem, mas o prudente analisa as circunstâncias” (Provérbios 22:3). A pessoa prudente prevê o mal e se esconde, mas a simples se torna presa fácil. Não é exatamente assim entre nós? Não existem mulheres de todo inocência e mulheres de todo malicia?

Jesus não quer que a gente seja de todo ingênua nem de todo maliciosa, mas espera de nós o equilíbrio. Mulher equilibrada é um espetáculo!

Por isso, a mulher de Deus precisa estar sempre em oração, observando tudo, questionando tudo, não acreditando em tudo, e na dúvida, não falar, não ir, não fazer, não ver, não ouvir, não julgar; não tomar partido… É muito ruim saber que foi enganada, e pior ainda, saber que maldou uma atitude inocente.

A mulher inocente vive levando rasteira, e a maliciosa é mal vista. Então, precisamos viver no equilíbrio. Toda mulher precisa de inocência e malícia no convívio familiar. Homens demoram para perceber certas malícias e filhos então, nem se fala. Por isso, toda mulher precisa ter um sorriso no rosto e uma pulguinha atrás da orelha.

Vamos dar a nossa família um ambiente equilibrado? Comece colocando suas emoções sob o domínio do Espírito Santo e tenha uma família equilibrada e feliz.

Léa Mendonça é pastora da Igreja Batista Nova Jerusalém, no Rio de Janeiro; cantora e escritora.
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.