Em busca de um bom pai

É possível ser um grande filho e um pai ainda melhor

paternidade

paternidade Foto: Pixabay

Valtair Miranda - 01/12/2019 05h00

Eis que os filhos são herança do Senhor, e o fruto do ventre o seu galardão.” Salmos 127:3

Estas linhas começaram com a procura, na Bíblia, de um bom menino que se tornasse um grande pai. Curiosamente, entretanto, minha mente teimava em apontar para exemplos não tão bons. Eu queria muito me concentrar, mas apenas esses nomes pipocavam em minha cabeça:

Moisés foi um bom filho. Cresceu educado por duas mães. Mas não se tornou um bom pai. Esquecia frequentemente que tinha esposa e filho, a ponto de ser censurado por seu sogro.

Davi foi um bom filho. Era comum encontrá-lo no campo cuidando das ovelhas da família. Mas não se tornou um bom pai. Era uma figura ausente. Não percebeu a maldade no coração de Amnom para com sua irmã Tamar, não disciplinou o erro dos filhos, ignorou as necessidades de Absalão, provocou uma grande disputa familiar pelo trono após sua morte.

Em algum lugar ocorreu a passagem. Eles tinham tudo para se tornarem grandes pais. Mas não foram. Por quê?

Quero indicar duas prováveis razões para isso:

Primeiro, eles não souberam priorizar suas famílias em relação às suas atividades. Tanto Moisés quanto Davi foram homens muito ocupados que tinham muito pouco tempo para seus filhos. Pareciam pensar que filhos crescem sozinhos.

Uma segunda razão parece estar na separação que eles faziam entre atividades espirituais e relacionamentos pessoais. Ao se relacionarem com Deus, eram os maiores. No trato com suas famílias,eram os piores. Grandes homens espirituais, mas péssimos pais.

Mas a história não precisa ser essa. É possível ser um grande filho e um pai ainda melhor. Só precisamos entender que nossos filhos são presentes de Deus, dádivas do céu. Se, como bons mordomos, cuidarmos com zelo destes pequenos tesouros, podemos mudar a história de suas vidas.

Deus nos ajude a sermos pais melhores!

Valtair Miranda é professor, conferencista e escritor de várias obras como O Caminho do Cordeiro e Lutero: História, Poder e Palavra.