Leia também:
X Irmã do líder do Voz da Verdade é internada e pede orações

Colocando o chapéu onde a mão alcança

É preciso ir até onde podemos. Ir além, muitas vezes, pode ser falta de sabedoria

Colocando o chapéu onde a mão alcança

Colocando o chapéu onde a mão alcança Foto: Pixabay

Léa Mendonça - 15/10/2020 05h00

Qual de vós, que pretendendo construir uma torre não se assenta primeiro para calcular a despesa e verificar se tem meios para a concluir? Para não suceder que, tendo lançado os alicerces e não podendo acabar, todos os que a virem zombem dele dizendo: Este homem começou a construir e não pode acabar.” Lucas 14:28-30

Jesus está nos ensinando a colocar o chapéu onde a mão alcança. Antes de começar a realizar um projeto alguns cuidados são necessários.

Depois que eu recebi esse ensinamento de Jesus e li a ilustração Os Três Ps do Sucesso”, nunca mais comecei a realização de um projeto sem antes me assentar para calcular a despesa e verificar se tenho meios para realizá-lo.

O primeiro P é o do Planejamento. Toda realização precisa de Planejamento, indispensável para se fazer conquistas. O projeto nasce de um desejo, mas sua realização, de cálculos bem definidos.

Para se construir uma casa, por exemplo, primeiro é preciso ter o projeto em mente, depois, fazer o orçamento, calcular o tempo da realização, e iniciar a construção. Se seus recursos lhe possibilitam a construção de uma casa com apenas um quarto, não queira construir uma casa com quatro.

Para se fazer uma viagem, primeiro é preciso definir o destino, a data, verificar os recursos, e por fim, iniciar a viagem. Se seus recursos lhe possibilitam ir só até Saquarema, não tente ir para a Grécia; você pode passar maus pedaços por lá.

Sem planejamento, o desejo continua sendo desejo, a planta não sai do papel, e a viagem pode ser frustrante.

O segundo P é o da Poupança. Tudo tem um preço, que pode ser tempo, dinheiro e energia. Há quem gaste todo o dinheiro comprando o piso mais caro da loja, e depois não tem dinheiro para terminar a obra. Há quem gaste toda a energia na primeira etapa do projeto, e depois fica sem ânimo para concluir a obra. Não se gasta tudo na primeira etapa.

O terceiro P é o da Perseverança. Nada acontece de uma hora para a outra. A criação do mundo durou seis dias e a obra da regeneração que o Espírito Santo faz em nós continuará até a volta de Jesus.

Não perca o foco, nem dê espaço para a ansiedade, pois ela é inimiga do Planejamento, da Poupança e da Perseverança. Se a realização de um desejo está tirando sua paz, ponha o pé no freio;
Jesus disse que “a vida vale mais que as coisas da vida” (Mateus 6:25).

Léa Mendonça é pastora da Igreja Batista Nova Jerusalém, no Rio de Janeiro; cantora e escritora.
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.