Leia também:
X EXCLUSIVO: Igrejas serão as mesmas após pandemia?

Acalme-se

Aline Ribeiro - 20/05/2020 05h00

Marcos 4.35 Naquele dia, sendo já tarde, Jesus disse aos discípulos: — Vamos passar para a outra margem. 36 E eles, despedindo a multidão, o levaram assim como estava, no barco; e outros barcos o seguiam. 37 Ora, levantou-se grande temporal de vento, e as ondas se arremessavam contra o barco, de modo que o mesmo já estava se enchendo de água. 38 E Jesus estava na popa, dormindo sobre o travesseiro. Os discípulos o acordaram e lhe disseram: — Mestre, o senhor não se importa que pereçamos? 39 E ele, despertando, repreendeu o vento e disse ao mar: — Acalme-se! Fique quieto! O vento se aquietou, e tudo ficou bem calmo. 40 Então Jesus lhes perguntou: — Por que vocês são tão medrosos? Como é que ainda não têm fé? 41 E eles, possuídos de grande temor, diziam uns aos outros: — Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem?

A primeira coisa que desejo chamar atenção neste texto é que Jesus convidou seus discípulos para entrarem no barco e eles, com muita tranquilidade, entraram para atravessar o Mar da Galiléia. Parecia tudo normal. Mas é bom saber que fazer a missão e obedecer a vontade de Jesus nem sempre será uma tranquilidade. Possivelmente, passaremos por tempestades. Simples assim. Estar com Jesus e obedecer deve ser o objetivo e não importa o que aconteça, não existe lugar melhor para se estar. Vários dos discípulos eram pescadores e já deveriam ter passado por experiencias similares.

Eu e você temos nossas vidas e já passamos por tempestades. Às vezes, é no trabalho com o chefe nos pressionando. Outras vezes, são nossos parentes que criam ou ajudam a criar problemas insolúveis. Talvez nossos relacionamentos acabam complicando a convivência. Ou o dinheiro anda curto demais para o mês tão grande! Talvez sua saúde esteja frágil e a angústia sobre o futuro toma conta do seu ser. Será que fiz o que tinha para fazer? Fui um sucesso? Fui um fracasso? Para todas essas preocupações Jesus diz: Aquiete-se! Acalme-se! Silêncio! Fique quieto!

O vento parou. Eu parei. Você parou. Interessante que quando praticamos nossa fé obediente a Jesus, a tempestade se acalma para mim que estou no barco e, muitas vezes, ela acalma também para todos os outros barcos que estão dentro da tempestade. Nossa fé em Jesus impacta nossa própria existência e alcança com o testemunho todas as pessoas que nos cercam. Jesus em nós resplandece e sua luz irradia por todos os lados. Jesus diz: Escute minha voz. Persevere no meu trabalho. Eu cuido de tudo. Fique firme na fé. Quais são as suas dificuldades hoje?

Oração:

Senhor Jesus, quero te obedecer e exercitar minha fé. Permita que em mim e através de mim outros sejam alcançados por sua luz. Que todos possam te conhecer e serem salvos da tempestade em que vivem. Que nossas famílias possam ter fé para vencer, mesmo em meio a tempestade.

Gerson e Aline Ribeiro são casados há 31 anos. Gerson é pastor da Terceira Igreja Batista em Curitiba (PR) e Aline atua no Cuidado Integral do Missionário da Junta de Missões Mundiais da CBB.

Leia também1 Responsabilidade da Família
2 Família: Como se manter unida diante do Covid 19
3 Perigo na família

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.