Leia também:
X Jonathan Nemer fará vídeo sobre viagem para Angola

A escola de Deus não tem aprovação automática

Évilin Bastin - 24/02/2019 05h00


“Eu tentei fugir de mim, mas aí percebi que onde eu ia, eu tava”
(Tiririca).

Um meme famoso do palhaço/deputado com essa frase acima faz rir por causa do óbvio. Mas nada é tão óbvio assim, pois somos um tanto “burrinhos”. E, como diz certo amigo meu, irônica e sinceramente: “O pior demônio é o da burrice”.

Cegos para dentro de nós mesmos e prestando atenção nos de fora, buscamos fugir das situações desconfortáveis a nós, e achamos sempre que o problema está nos outros. A culpa é sempre dos outros.

Tive a oportunidade, como missionária, de recomeçar a vida do zero em diversos contextos e pude constatar que havia um padrão de repetição negativo que me acompanhava. Era algo que acontecia recorrentemente em minhas relações interpessoais. Fui confrontada comigo mesma e compreendi que “onde eu ia, eu estava”. Não adiantaria tentar fugir de um lugar, de uma situação ou de mim mesma. O problema não era externo, mas interno.

Havia um padrão a ser rompido para obter a vitória. Isso envolveu humilhação, um olhar interior, quebrantamento e ARREPENDIMENTO. Só quando eu mudei de comportamento, interna e externamente, é que obtive vitória sobre um ciclo vicioso que me deixava muito triste.

Senti Deus falando comigo através dessa situação, dizendo: “Comigo não há aprovação automática. Minha didática é repetir o ciclo, a prova, a situação, até que você caia em si e aprenda a ‘matéria’. Meu compromisso é com o aprendizado verdadeiro, e não com o cumprimento de requisitos”.

Quais ciclos viciosos você tem a romper? Ao invés de reclamar dizendo: “De novo, Senhor?”, tente perguntar: “O que Você quer me ensinar?”.

Será que estamos conseguindo nos enxergar diante de tudo o que vivemos? Estamos “passando de série” quando somos provados?

Évilin Bastin é formada em Comunicação Social pela UFRJ e em Teologia pelo STBSB. Atuou como missionária pela JOCUM em diversos países e pela JMM na Índia por 3 anos. Atualmente é líder do ministério com estrangeiros na Gateway Community Church, estado de Wisconsin, EUA.
Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.