Leia também:
X A atitude de contentamento

A abrangência do Reino de Deus

Jesus quer salvar, libertar, restaurar, curar, por isso perguntava: “que queres que te faça?”

Ângelo Éder Collares - 14/08/2020 05h00 | atualizado em 14/08/2020 05h01

O Reino de Deus se estende a todas as áreas do ser humano. Estamos falando do fato de sermos corpo, alma e espírito. Portanto, dando a entender que os benefícios da graça e do perdão de Deus se estendem a todas as dimensões do homem. Pelo perdão de Deus somos libertos espiritual e emocionalmente, o que traz benefícios de saúde para a dimensão física, uma vez que a culpa é resolvida.

Há libertação quando as (in)verdades com as quais construímos nossa personalidade são confrontadas com as verdades da Palavra de Deus. O Espírito Santo constrói em nós uma nova identidade em Cristo. Isso é cura para a alma e saúde para o corpo. Conforme 1 Tessalonicenses 5:23-24: “Que o mesmo Deus de paz vos santifique inteiramente. Que todo o espírito, alma e corpo de vocês sejam conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. Aquele que os chama é fiel e fará isso”.

Deus quer que sejamos saudáveis nas três dimensões. Pela experiência pessoal de ter seus pecados perdoados em Cristo o homem tem seu espírito selado com o Espírito Santo da promessa, o maligno não o toca. Mas o inimigo toca na alma e no corpo. Assim sendo, é necessário que a fé, que vem da dimensão espiritual, dirija toda a nossa vida, blindando-nos como um escudo, levando-nos a uma vida agradável a Deus, trazendo benefícios para razão, emoção e vontade, três instâncias da alma, as quais o inimigo tenta afetar.

Além de expulsar os demônios, Jesus curava todas as pessoas que vinham até ele com enfermidades do corpo. Fica claro para nós que a salvação que ele trouxe abrange todas as dimensões humanas. Deus nos transforma quando conseguimos enxergar o SEU ponto de vista e não somente a nossa perspectiva distorcida.

A palavra grega “sozo” usada nos escritos do Novo Testamento significa salvar. Mas dependendo do contexto em que era usada significava também curar, libertar. Jesus quer salvar, libertar das forças do mal, restaurar a alma adoecida e curar as enfermidades do corpo, por isso perguntava: “que queres que te faça?” Essa missão integral de Jesus foi passada para nós: “Assim como o Pai me enviou, eu vos envio”. Uma visão de Reino de Deus que não inclua as três dimensões humanas para a ação de Deus é caolha. Um Evangelho que pregue menos do que isso não é um Evangelho integral.

Ângelo Éder Collares é graduado em Teologia e Psicologia, especialista em Docência Superior e mestre em Educação. Atua como pastor da Igreja Batista de Viçoso Jardim, Niterói, Rio de Janeiro.

Leia também1 Aspectos espirituais da depressão
2 Depressão: Uma epidemia
3 A família disfuncional

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.